17 de Fevereiro de 2019,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 12h:05 | Atualizado:

AULÃO SOLIDÁRIO

Alunos aprovados no Enem homenageiam professora

enem-homenagem.jpeg

 

A postagem de uma professora do ensino médio tem repercutiu nas redes sociais depois de postar uma foto com dois alunos que agradeceram pela aula que tiveram com ela antes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2018. Os alunos foram aprovados com notas altas em redação na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá.

A professora de língua portuguesa Franciellen Mendes, da Escola Estadual André Avelino Ribeiro, no Bairro CPA 3, em Cuiabá, teve a ideia do 'aulão solidário', para os alunos do terceiro ano do ensino médio na escola onde trabalha.

Os alunos foram até a professora e pediram para tirar uma foto, pois queriam agradecê-las pelas as aulas que tiveram e que os ajudaram a serem aprovados na universidade.

Emocionada com o retorno dos alunos e com o resultado obtido por eles nas provas, ela publicou uma foto que tirou com os ex-alunos na segunda-feira (5). No entanto, Franciellen atribui o resultado a todos os professores.

A professora dava aulas em escolas particulares e notava a dificuldade dos alunos de escola pública. E, na escola onde deu as 'aulas solidárias', os alunos não tinham nenhum curso para prepará-los e eles não tinham condições de pagar aulas particulares.

As aulas dadas pela professora foram de técnicas de redação, em apenas duas aulas, uma em cada semana antes das provas do Enem.

A professora ficou emocionada e não imaginava a importância do que ofereceu. ''Para um aluno que estava realmente interessado teria ajudado, mas eu não tinha a dimensão de como realmente seria impactado a vida dessas pessoas'', disse ela.

Segundo a professora, Mariele tirou 920 em redação e ficou em 1° lugar entre os cotistas do curso de química e Carlos conseguiu o 2° lugar em psicologia. Ele tirou 940 em redação.

Depois da repercussão, a escola reuniu os ex-alunos do 'aulão solidário'' na própria instituição para homenageá-los. Mariele e Carlos foram os que tiraram as notas maiores em redação.

A professora contou com a ajuda de uma escola particular onde também dá aulas para a impressão das apostilhas que usou para dar aulas para os alunos da escola pública.

Sobre a repercussão da postagem, Franciellen afirmou que a visibilidade aos bons exemplos podem mudar a forma de ver das pessoas.

"O que é realmente muito bom, porque o professor de escola pública vive um processo de invisibilidade, e o aluno dificilmente é lembrado, é muito comemorado o aluno de escola particular, e esse momento de visibilidade para os alunos da escola pública é essencial para mudar o olhar das pessoas", disse.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS