18 de Agosto de 2018,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 11h:38 | Atualizado:

PARQUE ÁGUAS

Concreto para impedir esgoto em parque de Cuiabá é retirado


TVCA

parquedasaguas.jpg

 

Duas semanas depois de uma obra que causou polêmica, o concreto que tampava a tubulação de esgoto, impedindo que dejetos fossem despejados na Lagoa Paiaguás, no Parque das Águas, no Centro Político Administrativo (CPA), em Cuiabá, foi retirado.

Houve um acordo e o estado pediu prazo de seis meses para resolver a situação. Uma estação provisória foi instalada no Parque das Águas, até que o problema seja solucionado.

No final do abril, a Prefeitura de Cuiabá tomou uma medida radical para resolver o problema do esgoto, que há anos vem sendo despejado in natura no Parque das Águas.

O secretário de Serviços Urbanos de Cuiabá, José Roberto Stopa, mandou "concretar" a tubulação por onde o esgoto era despejado no parque. O próprio secretário publicou vídeos nas redes sociais e mostrou o serviço.

Nesta semana, o estado fez uma reunião de urgência com o município e retirou o concreto do local para que seja realizada uma reforma nesse prazo de seis meses.

O esgoto não possui manilha para impedir o contato com a terra, o que acabava poluindo uma área de preservação.

A tubulação seguia até a Lagoa Paiaguás e, ano passado, o excesso de lixo sem tratamento, reduziu o nível de oxigênio na água da lagoa, matando várias espécies de peixes e reduzindo a quantidade de pássaros que frequentavam a região.

Em 2017, 16 órgãos públicos localizados no Centro Político Administrativo foram notificados pela prefeitura do município por jogarem esgoto irregularmente na Lagoa Paiaguás, no Parque das Águas. Quinze desses órgãos são estaduais e um federal.

 

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • João | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 17h40
    1
    0

    Carlos vc é um simples idiota só isso, o Stopa teve uma atitude corejosa e de homem e vc parece ser o único do contra, no mínimo vc come merda nas refeições e toma água mineral...

  • Rsantos | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 16h46
    4
    0

    Cadê as porcarias das ONGs que não se manifesta em prol do parque,,, cadê esse tal de INSTITUTO RIO VERDE,,, meteu o rabo entre a bunda...

  • Ademir | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 16h18
    3
    0

    Se ele o secretário não fizesse isso, o Governo e suas secretarias não fariam nada, nem acordo, e muito menos uma estação provisória para este esgoto, acordem!!! Parabéns secretário e equipe, gestão com choques para mudarem gente acomodada, agora o Parque das Águas agradece milhões para não ser desinfectado, e poder até mesmo ser fechado, pois o cheiro e a morte da lagoa eram caminhos certos.

  • carlos | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 14h35
    9
    14

    esse secretário deveria pagar esse caminhão de concreto despejado, sábia que não poderia mais fez, cade o TCE pra cobrar dele.

  • Benhur | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 13h18
    23
    1

    Aproveita o Momento e manda CONCRETAR a tubulação por onde o esgoto é DESPEJADO no RIO CUIABÁ e no PANTANAL!