19 de Fevereiro de 2019,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 12h:25 | Atualizado:

Cuiabá gastará R$ 507 mil com reformas de pontes

Após cobrança do vereador Marcelo Bussiki (PSB), a Prefeitura de Cuiabá contratou uma empresa para executar as obras de reforma das pontes de madeira localizadas nos Distritos de Aguaçú, Coxipó do Ouro e Guia, na zona rural da Capital. A ordem de serviço para início das obras já foi publicada no Diário Oficial.

Os locais foram alguns dos indicados pelo vereador para receber melhorias, em razão da falta de condições estruturais e de diversas obras paralisadas ou abandonadas encontradas nessas comunidades durante o projeto Estradeiro, em que Bussiki percorreu as estradas vicinais da zona rural de Cuiabá.

As obras serão executadas nas pontes sobre Ribeirões Forquilha, na comunidade Monjolo no Aguaçú, entre a estrada Coopersuíno e Bandeira, no Coxipó do Ouro, na estrada Carandá, além da construção de ponte de madeira sobre o rio Taquaral, no Distrito da Guia.

A previsão é de que sejam investidos R$ 507 mil nas obras, que serão executadas pela empresa Marciano de Oliveira e Ribeiro Filho Ltda, em um prazo de 60 dias.

Para Bussiki, a formalização do contrato é o primeiro passo para que os moradores dessas regiões obtenham melhorias, principalmente neste período chuvoso, que exige maior atenção às pontes em razão da cheia dos rios.

“Estive nas comunidades, conversei com os moradores e verifiquei que são muito necessárias as obras nas pontes, para garantir o trânsito dos moradores. Fico muito satisfeito com a formalização desse contrato e que minha fiscalização e cobrança estejam dando resultados”, disse.

Agora, segundo Bussiki, seu trabalho será o de fiscalizar o andamento das obras, para que tudo seja concluído dentro do prazo. “Não estamos aqui apenas para cobrar que as melhorias sejam feitas, mas para garantir que elas sejam efetivamente entregues à população. Por isso, vou continuar fiscalizando até a plena conclusão das obras”, afirmou.

Estradeiro - Durante o projeto Estradeiro, Bussiki percorreu as comunidades Aguaçú, Machado, Carioca, Barra Grande, Terra Vermelha, Bandeira, localizadas no Distrito do Aguaçu, além das comunidades Coxipó do Ouro, São Jerônimo, Aricá-Açu e Comunidade dos Médicos, que fazem parte do Distrito do Coxipó do Ouro.

Ao final do projeto, foi elaborado um relatório com todas as necessidades das comunidades e Bussiki chegou a propor emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019 para destinar R$ 4,5 milhões para a pavimentação de estradas e mais R$ 2 milhões para construção e reforma de pontes de concreto na zona rural. No entanto, as emendas não foram aprovadas pelos demais vereadores.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS