20 de Junho de 2018,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 17h:21 | Atualizado:

FERNANDO

Cuiabá inicia construção de passarela

atacadaotijucal.jpg

 

Atendendo aos anseios da população e para amenizar o problema na travessia de pedestres na BR 364, a prefeitura de Cuiabá, assinou um termo de compromisso com a empresa Atacadão com previsão para iniciar as obras de instalação da passarela em frente ao mercado, nesta quarta-feira (14).

A empresa deverá implantar a passagem para pedestres com padrão arquitetônico e estrutural semelhante ao modelo existente na Avenida Fernando Corrêa (próximo ao viaduto da Avenida Miguel Sutil/Fernando Correa), como medida compensatória prevista no  Relatório de Impacto de Vizinhança - RIT, no valor aproximado de até R$ 500 mil.

O projeto foi analisado pelas Secretarias de Mobilidade Urbana (Semob) e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Smades). Segundo a coordenadora de Engenharia da Semob, Adrielle Martins, foi feito um estudo no local pela equipe de engenharia que verificou a demanda de pedestre e a necessidade de uma passarela elevada por se tratar de uma via rápida e de grande fluxo de veículos. “Analisamos outras possibilidades como faixa de pedestre, faixa elevada e até mesmo semáforos, constatamos que a melhor opção é a passarela. O Atacadão tem muitos funcionários e clientes que atravessam a Avenida, então ela é a mais adequada para o local”, explica coordenadora.

A passarela seguirá as normas técnicas brasileiras vigentes, com estrutura metálica, 40 metros de comprimento,  5,50 metros de altura (da passarela ao solo),  e terá toda a parte de acessibilidade, incluindo rampas de acesso para pessoas com deficiência física, escadas, guarda corpo e outros.

“Pensamos primeiramente na segurança de quem vai usar a travessia, inclusive nas crianças, por isso solicitamos que o guarda corpo tivesse pelo menos 1,10 metro, para evitar qualquer eventualidade”, afirma o secretário de Mobilidade urbana, Antenor Figueiredo.

De acordo com o secretário, a prefeitura cobrou no projeto que a obra incorporasse toda a parte de acessibilidade  - rampas e corrimão de perfil tubular em toda a extensão -, e após a sua conclusão estivesse prevista a manutenção anual de pintura e verificação de ligações, para garantir que suas estruturas permaneçam em perfeitas condições de estabilidade e uso. “Nos preocupamos com a parte de acessibilidade na passarela, assim como  estamos fazendo em todos os outros projetos de responsabilidade da Semob, porque temos que lembrar que as pessoas têm o direito de ir e vir, de forma segura”, completa o secretário.

Em razão do início das obras, o ponto de moto taxi existente no local será realocado  7 metros mais a frente e a partir das 21 hrs, uma pista de rolamento de cada lado da avenida será bloqueada parcialmente para o inicio dos trabalhos. “Estamos dando início as obras esta noite com as marcações e deslocamento de veículos e equipamentos de grande porte que ocuparão uma faixa da avenida Fernando Corrêa. As obras, neste momento, incluem os serviços de concretagem e montagem da base no local. Não haverá interdição e nem desvio, apenas o trabalho dos Agentes de Trânsito que estarão no local para orientar os motoristas”, explica o diretor de Trânsito, Michell Diniz

A entrega da obra está prevista para o final do mês de abril e a Secretaria de Mobilidade Urbana vai acompanhar o cronograma para que sempre que for necessário sejam deslocados Agentes para o local a fim de auxiliar a fluidez no trânsito.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ademir | Quarta-Feira, 14 de Março de 2018, 09h49
    2
    2

    Projetos tem de sair do papel, digo a muito tempo, para que aquele sinaleiro na Miguel Sutil próximo à Rodoviária? Porque ali tem de ser feito uma passarela urgente e que paga é o Supermercado Comper, e colocaram radar para diminuir a velocidade, não precisa de semáforo, e sim passarela.

  • MARCIO AUGUSTO BESERRA | Quarta-Feira, 14 de Março de 2018, 08h25
    6
    2

    E por que não fazem uma passarela próximo a garagem da Gontijo para evitar o congestionamento de veículos na Fernando Corrêa e retirar aquela lombada eletrônica e faixa de pedestre que só serve para obstruir o fluxo de veículos naquele local fazendo com que o trânsito fique com enormes filas até o trevo após o Assai?

Loading...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS