22 de Março de 2019,

Cidades

A | A

Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 00h:30 | Atualizado:

Especialização em Direito Processual Civil da FESMP-MT promove atualização

Para atuar na Justiça Comum e subsidiariamente na Justiça do Trabalho, no magistério ou mesmo se preparar para concursos públicos é necessário muito estudo e constante atualização das normas e legislação em vigor, em especial, no que se refere ao Direito Processual Civil.

Para atender a essa demanda, a Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso (FESMP-MT) oferece a partir de março deste ano o curso de “Pós-graduação Lato Sensu em Direito Processual Civil: Teoria e prática do novo CPC”, com 20 disciplinas comprometidas com as inovações, reformas e interpretações dos tribunais.

Os módulos são presenciais e a coordenação é da professora Jussara Suzi Assis Borges Nasser Ferreira, doutora em Direito pela PUC/SP, que também ministra disciplinas no curso. As aulas iniciarão no dia 15 de março e a Fundação Escola possui convênio com a OAB/MT para descontos a advogados em dia com a anuidade. As matrículas podem ser feitas pelo (65) 3363-0600.

Corpo docente

O corpo docente é formado por professores livre-docentes, doutores, mestres e profissionais de notório saber jurídico, em sua maioria, autores de obras jurídicas conceituadas. São eles:

Prof. Dr. Fábio Caldas de Araújo

Prof. Dr. Gregório Assagra de Almeida

Prof. Dr. Jorge Tosta

Prof. Dr. Welder Queiroz dos Santos

Prof. Dr. Guilherme Tanger Jardim

Prof. Dr. Willian Santos Ferreira

Prof. Dr. Olavo de Oliveira Neto

Prof. Me. Caio Márcio Loureiro

Prof. Dr. Camilo Zufelato

Prof. Dr. Cássio Scarpinella Bueno

Prof. Dr. Fernando da Fonseca Gajardoni

Prof. Dr. Luiz Manoel Gomes Junior

Prof. Dr. Artur Cesar de Souza

Prof. Dr. Daisson Flach

Novidade – artigo científico

Conforme a Resolução nº 01/2018 do CNE/CES‚ a novidade a partir de 2019 será a entrega de um artigo científico como trabalho de conclusão de curso e não mais uma monografia.

Entre as disciplinas estão Teoria-Geral do Processo: competência e intervenção de terceiros; tutela jurisdicional dos Direitos Humanos e fundamentais; jurisdição constitucional e princípios processuais constitucionais; processo constitucional, tutela provisória no NCPC; processo de conhecimento: provas e meios de produção; processo de execução: parte especial e outros.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS