20 de Junho de 2018,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 14h:40 | Atualizado:

CAOS NA SAÚDE

Hospitais rejeitam redução de repasses e ameaçam suspender atendimentos pelo SUS em MT

Entidades criticam Governo por sacrificar novamente os filantrópicos


Da Redação

santa-casa.jpg

 

Três hospitais filantrópicos de Cuiabá, que oferecem atendimento na UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ameaçam paralisar os atendimentos nessas unidades a partir da próxima segunda-feira (19). O motivo para a decisão, seria uma portaria da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), que diminuiu o valor e a forma de repasse do dinheiro para leitos de UTI destas unidades.

As unidades de saúde que serão afetadas com a decisão são o Hospital Santa Helena, Geral Universitário e a Santa Casa de Misericórdia. Os três hospitais ameaçam a não mais atender pacientes que necessitar de atendimento de urgência nas UTI’s.

De acordo com a portaria da SES-MT, o valor de cada leito de UTI, sofreu uma redução dos atuais R$ 1500,00, para R$ 1.200,00. Além disso, o repasse que era feito no mês subsequente ao vigente, agora passará a ser pago a cada 90 dias.

A decisão gerou revolta nos representantes das casas de saúde, que assinaram o termo de paralisação. O vice-presidente do Sindicato dos Hospitais Filantrópicos de Mato Grosso, e diretor da Santa Casa, Antônio Presa, diz que todas as ações do governo são em desfavor dos hospitais.

“Todos esses movimentos que foram feitos, sempre foram em prejuízo aos hospitais. Sempre diminuiu o dinheiro dos hospitais, e assim é impossível da gente trabalhar. Até quando serão feitas portarias e mais portarias, empurrando goela abaixo para os hospitais, que só sabem da existência da portaria, quando já está publicado. Não dá pra gente trabalhar desta maneira, então nós estamos comunicando com antecedência, para ver se sai uma decisão quanto a isso”, desabafa.

A Santa Casa atende mensalmente cerca de 7 mil pacientes que, por conta da decisão, serão prejudicados. Ele pontuou que, além dos atendimentos nas UTIs, cirurgias de alta complexidade serão ser realizadas. “Tudo aquilo que depender de atendimento da UTI ficará paralisado. Não temos condições de fazer uma grande cirurgia, se não tivermos o respaldo do leito da UTI. É sempre a mesma coisa e nunca se resolve o problema, é nota pra lá e pra cá e isso precisa acabar. Os hospitais  já estão com a língua de fora, isso é o fato”, lamenta.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Cidadão do Nortão | Quarta-Feira, 14 de Março de 2018, 09h42
    2
    0

    Outubro isso vai acabar.

  • Celso | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 23h14
    8
    0

    Governador espero que leia esse comentário. A intervenção tabajara no Rio de Janeiro foi política. No ranking de violência no Brasil, o Rio está entre a vigésima terceira (23) cidade mais violenta e CUIABÁ é a DÉCIMA TERCEIRA. Portanto, não fale besteira porque é sim, infelizmente, uma das capitais mais violenta do país....

  • joaoderondonopolis | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h29
    15
    0

    Governador continua não pagando os hospitais. Governador de 1 mandato só.

  • ANA | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h21
    18
    0

    MAIS UMA VEZ ???????????? ISTO PORQUE A ARRECADAÇÃO DO ESTADO FOI RECORDE. SÓ VOTA PARA REELEGER ESTE GOVERNADOR QUEM NÃO LÊ JORNAL, QUEM VIVE DE CARGO COMISSIONADO E QUEM VIVE FORA DA REALIDADE. DAI ELE GANHA DE NOVO.

  • Edmilson Rosa | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h38
    18
    1

    Hospital fechando e o adilton sachitti mandando dinheiro pra hospital em São Paulo (emenda parlamentar).E será que vai ter gente imbecil em votar nesse elemento.

  • Dorian | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h34
    20
    1

    Vergonha na cara quem tem que tomar é esse desgoverno, fracassado, incompetente e desmoralizado!! Mato Grosso não merece isso.

  • Zé Mario | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h28
    16
    2

    O duro é ver um comentário de um imbecil deste,deve ser uma pessoa sem noção de nada(Justiceiro).

  • Muito loco. | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h15
    18
    2

    O ex-governador P.Taques é considerado o maior blefe da historia da Mato Grosso.

  • justiceiro | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 14h49
    6
    31

    esses filantópicos deveriam era tomar vergona na cara e fazer jus ao dinheiro q recebem, desmamou ne...

Loading...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS