18 de Agosto de 2018,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 11h:23 | Atualizado:

EXAMES

MT Saúde amplia rede credenciada

mtsaude.jpg

 

Como continuidade ao projeto estratégico de expansão e melhoria da rede de pretadores de saúde do Mato Grosso Saúde, o Governo oficializa que o Centro de Diagnósticos Vida acaba de ser credenciado para atendimento do plano se saúde dos servidores do Estado. Nesta semana, uma equipe do plano visitou a estrutura de atendimento do Vida.

Com uma local confortável e de qualidade para receber os beneficiários do Mato Grosso Saúde, o Centro Vida faz parte do rol de credenciados pelo Plano, atendendo os exames de imagem, como tomografia, ressonância magnética e mamografia, estes com a menor dose de radiação. Também estão inclusos na cobertura todos os exames endoscópicos, até mesmo ecoendoscopia, exames de otorrino ultrassonografia, incluindo laringoscopia, audiometria e exame de labirintite. Os exames cardiológicos também podem ser realizados pelo prestador e, brevemente, devem integrar ainda medicina nuclear com a cintilografia.

O presidente do instituto, Basílio Bezerra, prevê uma melhora nas demandas dos serviços de diagnóstico por imagem do plano. “Tendo em vista o bom histórico que o Centro de Diagnóstico Vida tem com o Mato Grosso Saúde, oportunizamos estreitar ainda mais esses laços e levar uma melhor prestação de serviços aos nossos beneficiários, com a inclusão de exames de imagem que antes eram deficitários no Plano”.

Segundo o diretor geral do Centro Vida, Roberto Barreto, estão confirmadas 25 especialidades. “Estamos em processo de aditivação do nosso contrato com o Mato Grosso Saúde, mas a partir do dia 21 de maio os atendimentos já poderão ser agendados em nosso Centro para os atendimentos nas especialidades de gastroenterologia, proctologia, hepatologia, urologia, otorrinolaringologia, ortopedia, oncologia, oftalmologia, oncologia, cardiologia, angiologia, anestesiologia (pré-operatório), nefrologia, pneumologia, cirurgia geral, ginecologia, neurologia, neuropediatria, endocrinologia, médico da família, pediatria, pneumologia, reumatologia, nutrologia e psiquiatria”.

Ainda em Várzea Grande, os beneficiários do Mato Grosso Saúde também podem contar com atendimentos em ginecologia, obstetrícia, geriatria e medicina familiar com o Miguel Paz, credenciado recentemente ao instituto.

As demais especialidades podem ser verificadas em nosso site: www.matogrossosaude.mt.gov.br

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Fagner Lemos | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 06h02
    2
    0

    Consultei em março deste ano e só tinha vaga pra junho pra eu realizar um exame de ultrassonografia, pra mim foi humilhante pois a demora fez eu tomar a decisão de pedir a exclusão.

  • Ane | Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 15h01
    1
    0

    Quero saber se eu infartar pra onde eu vou? Com certeza pro pronto socorro pelo SUS e tirar a vaga de pessoas que não tem plano de saúde. Porque emergência não tem nenhum hospital atendendo.

  • Servidor público estadual | Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 13h53
    3
    0

    Qual o endereço deste centro vida??? E o Jd Cuiabá vai retomar o atendimento??? E exames de imagem em Cuiabá??? É muito difícil.

  • Marcos Paulo | Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 13h37
    2
    0

    Rapaz o que ano de eleição não faz, é capaz de falar que credenciará o Sírio Libanês, Albert Einstein, Beneficência Portuguesa e outros mais, no entanto quando o servidor procura um hospital, não conseguem uma consulta e os valores foram descontado do salário. Passou praticamente o mandato todo, os servidores passando constrangimentos e humilhação quando chegava na rede que era credenciada para atender o plano MT SAÚDE, eis que agora vai ficar atendimento de primeiro mundo, no entanto não se enganem, que essa melhora sò será agora na época da campanha, depois tudo voltará como antes, pois não dá para acreditar no Pinóquio do pantanal!!!!!!!!!!

  • Nero | Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 13h22
    7
    0

    MT Saúde amplia rede credenciada, ou seja, vai aumentar o número de unidades que não atendem os servidores estaduais.

  • silva | Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 11h51
    13
    1

    tem que sair de Cuiabá a várzea Grande, excelente convênio, porque que não retorna o convênio com o Sta Rosa e amecor ?