22 de Outubro de 2018,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 18h:47 | Atualizado:

INOVAÇÃO

Tecnologia de pontos de de ônibus em Cuiabá é destaque

pontosdeonibus.jpg

 

Inovar o transporte público, com mecanismos ecologicamente corretos e que prezem pela preservação ambiental, é uma tarefa possível e a postura vanguardista adotada pela Prefeitura de Cuiabá tem reverberado para além de suas fronteiras. Após tornar-se um modelo referencial para Santa Catarina, a nova tecnologia sustentável de pontos de ônibus alcançou outros patamares, atraindo os olhos dos usuários das diversas mídias sociais, personalidades e dos amantes do empreendedorismo inovativo.

Compartilhado pelo conhecido portal de variedades Você Sabia, os modelos de parada - feitos com contêineres recicláveis - foram considerados arrojados, por dar uma nova chance a estruturas que naturalmente seriam descartadas incorretamente, comprometendo o meio ambiente. O coro de apoio à proposta do prefeito Emanuel Pinheiro ganhou ainda mais força por meio do portal Hypeness - referência nacional em assuntos vinculados à economia criativa, tecnologia e inovação -, que produziu uma matéria especialmente sobre o assunto. Em resposta a essa repercussão online generalizada, a empresária e apresentadora Patrícia Abravanel, filha do Silvio Santos, também aplaudiu a alternativa.

“Projetada para conferir conforto, aliado a um sistema totalmente planejado em respeito às atuais problemáticas ambientais, as estruturas são fundamentadas na reutilização de contêineres, placas solares, pontos de recarga de celulares com USB, além de micro bibliotecas. Com acessibilidade planejada e aconchego, o espaço ainda conta com painéis de LED com informações atualizadas dos ônibus que utilizam aquele ponto de parada. Estes espaços gradativamente imprimem o conceito da Cuiabá dos 300 anos que estamos planejando nas mais diversas esferas vinculadas ao município. Trabalhamos para que a nossa Capital possa exalar este espírito inovativo contemporâneo, que observa a reciclagem de maneira ousada, indo muito além da fundamental separação dos resíduos sólidos. Essa tecnologia passa criar uma nova cultura de sustentabilidade na nossa cidade, inspirando e encorajando outros estados a assumirem a responsabilidade de investir na qualidade de vida da população, em convergência com práticas ecológicas sustentáveis”, afirmou Pinheiro.

Acrescentando uma média de 15 anos a mais de vida, estes contêineres passam por um intenso processo de restauração, que incluem pintura, plotagem e a instalação de um jardim suspenso com plantas ornamentais - que trazem o isolamento térmico muito necessário na Capital, coibindo a incidência solar. Além disso, o pequeno paisagismo contribui diretamente para a estética da estrutura, à medida que reflete uma beleza verde diferente em meio a contextos tão urbanos. Dispersos em pontos estratégicos, este autêntico conceito será adotado nos locais que naturalmente recebem o maior fluxo de passageiros, com uma média de 5 a 10 mil pessoas por dia. Com 82 unidades a serem futuramente instaladas, essa tecnologia  sustentável vai gradativamente reconfigurando as regiões mais movimentadas da cidade, unindo o vigor ao conforto, segurança e qualidade de vida.

“O transporte coletivo precisa seguir um padrão de qualidade que corresponda às expectativas dos usuários e temos trabalhado neste sentido, com um estudo de viabilidades e impactos já em planejamento e com o investimento real em pontos de ônibus que possam trazer aconchego e eficiência ao serviço prestado ao cidadão. Temos um fluxo de cerca de 150 mil passageiros por dia e pensar em ferramentas que facilitem a rotina da nossa população é um dever inerente ao município. E é gratificante saber que uma proposta tão simples, mas tão ousada, esteja ganhando proporções nacionais. Cremos que boas ideias precisam ser replicadas e esperamos que este conceito arrojado possa inspirar gestores e cidades espalhadas pelo nosso Brasil”, concluiu Antenor Figueiredo, secretário municipal de Mobilidade Urbana. 

 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Luiz Carlos | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 08h22
    1
    1

    Grande Merda esse prefeito do paleto, nas principais avenidas está tudo chik,, vocês da impreensa deveria andar nos bairros para ver a situação que se encontra, ponto de ônibus sem nenhuma cobertura, aliás, sombra mesmo são dos postes, isso quando tem.

  • Francisco | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 06h58
    0
    1

    tecnologia? kkkkk ok.... amigo eu sou da área e sei quanto erraram neste local. Acessibilidade 0 (Zero). O que chama atenção é a modalidade a qual foi adquirido. Sem falar que quando nada dá certo para o parente do político...ele arruma um qualquer na teta do governo ou prefeitura. Mas parece uma obra para dar dinheiro a empresa quase falindo do parede na Avenida da Chapada.....Do outro lado a população só vê acontecer .....O Cuiabano é preguiçoso e pacífico.

  • João Cuiabano de Nascimento | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 01h48
    0
    0

    Elogiei essa iniciativa, mas, quero sugerir a adoção de mini vans no transporte coletivo dentro dos bairros que são tão grandes que inviabilizam uma pessoa querer largar o carro em casa....tem bairros que os ônibus não passam e outros que as ruas principais, rotas dos ônibus ficam a 1 km de distância...