11 de Dezembro de 2018,

Cultura

A | A

Domingo, 26 de Novembro de 2017, 12h:49 | Atualizado:

Aos 24 anos, Record/Canal 10 passa a se chamar TV Vila Real

O domingo é de aniversário para a TV Record - Canal 10. Também será o último dia em que será chamada por esse nome, já que a data marca a mudança para TV Vila Real - Canal 10. A emissora comemora 24 anos fazendo uma declaração de amor pela cidade que iniciou sua história como Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá, há 290 anos. Continuará, no entanto, sendo afiliada à Rede Record, com os mesmos programas, alguns também com novos nomes.

Inaugurado no dia 26 de novembro de 1993, o Canal 10 nasceu como TV Gazeta, marcando nova e importante página na história da televisão mato-grossense. Graças à iniciativa do Grupo Gazeta de Comunicação, Cuiabá e Mato Grosso passaram a ganhar visibilidade no estado. O noticiário local, a cultura e o esporte regionais tiveram lugar de destaque, ampla cobertura e divulgação. É algo que permanece inalterado desde então, mesmo com a mudança para TV Record Cuiabá, há alguns anos.

O mesmo espírito incentivou a direção a promover nova alteração. O presidente do Grupo Gazeta de Comunicação, João Dorileo Leal, explica que é uma maneira de dar uma identidade regional à TV. “Não vamos deixar de ser Record e não vamos deixar de ser Grupo Gazeta, mas a televisão propriamente dita não tinha uma identidade própria. Nós vínhamos com essa preocupação e, depois de uma análise, escolhemos o nome de Vila Real, que é uma homenagem também à nossa Vila Real do Bom Jesus de Cuiabá”, salienta.

“Cuiabá tem nos dado tanto prestígio, tanta credibilidade, tem a TV com tanto carinho. A escolha do nome não deixa de ser uma retribuição à forma como a TV é recebida em todos os cantos de Cuiabá”, acrescenta. Essa mesma reverência já havia sido feita há alguns meses pelo grupo, lembra Dorileo. “Nós temos hoje a Vila Real FM e vamos ter a TV Vila Real. É uma dupla homenagem a Cuiabá, uma rádio que tem um grande alcance e uma TV que tem uma cara muito regional, muito local”, comemora.

Ele garante que a linha continuará sendo a mesma. “A preocupação nossa vai continuar sendo o fortalecimento do Jornalismo, sempre prestando mais serviços, praticando um jornalismo de reflexão, de debate, de polêmica”, frisa, citando como exemplo A Notícia de Frente, que estreou este ano. “O que a gente percebe é que o telespectador quer ouvir opiniões diferentes, mas quer formar a própria opinião.

Ele faz uma avaliação de tudo o que ouve e forma a sua visão. Nós estamos instituindo isso no Grupo Gazeta como um todo, de provocar a reflexão do cidadão sobre os fatos que são abordados jornalisticamente”.

Além deste e de outros como o Jornal da Manhã, Cadeia Neles, Jornal do Meio-Dia, Vila nos Esportes, Cidade Alerta MT e Revista Sertaneja, a grade local passa a contar em 2018 com um novo programa de variedades, o Aqui Acontece, apresentado por Daniela Rosa e dirigido por Lúcio Sorge. Segundo Dorileo, com exibição de segunda a sexta, às 13h30, será algo mais leve, com matérias e entrevistas que tratarão de temas como economia, saúde, comportamento e até política.

Mesma essência - O vice-presidente comercial do Grupo Gazeta, Carlos Eduardo Dorileo Carvalho, reforça que o nome mudou, mas a TV mantém as características que a tornaram tão querida pelos mato-grossenses. “Não muda a essência, a linha editorial. A essência de uma boa cobertura, de uma programação de qualidade, sempre respeitando seus telespectadores, parceiros. O nome Vila Real para nós de Cuiabá tem muita representatividade, é muito forte. Vem para fortalecer ainda mais a TV”, analisa. Ele revela que uma campanha será deflagrada neste domingo para apresentar a nova marca.

O executivo garante aos telespectadores que a programação será mantida nos mesmos horários, pois existe uma fidelização que deve ser respeitada. “Tem emissoras que mudam muito a programação, os apresentadores, de afiliada. Então não conseguem ter uma identidade”, exemplifica. A constância inclusive transmite confiança para o mercado, analisa Carlos Eduardo. “O Cadeia Neles está no mesmo horário há muito tempo. Temos anunciantes que estão há longos anos confiando na marca, naquele produto. Com certeza, se ele esta há tanto tempo com a gente é porque está obtendo resultado. O anúncio em TV é caro e o anunciante precisa ter retorno desse investimento”, frisa.

“Conseguimos entregar para o nome Vila Real uma consolidação de mercado. A TV conquistou esse espaço integrando o estado. As pessoas de Cuiabá, de Mato Grosso começaram a se ver na tela. Elas não se viam, as portas eram fechadas para as manifestações culturais, políticas e sociais. A TV entrou com esse objetivo e conquistou rapidamente o coração e a mente do telespectador, inclusive influenciando outras emissoras. Fomos pioneiros em tudo isso e assim nos posicionamos no mercado”, celebra o vice-presidente.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS