25 de Março de 2019,

Cultura

A | A

Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 23h:00 | Atualizado:

Musicistas serão homenageadas entre as 300 mulheres mais importantes da história de Cuiabá

Em celebração ao mês da mulher e ao aniversário dos 300 anos de Cuiabá, a Academia Mato-grossense de Letras e a Prefeitura Municipal de Cuiabá, irá homenagear as musicistas do Coral UFMT, a maestrina Dorit Kolling e a pianista Silbene Corrêa, como duas das 300 mulheres que fizeram toda a diferença na história da cidade de Cuiabá. O evento acontecerá na Casa Barão, às 19h, entrada gratuita.

Os organizadores do evento irão preparar uma mostra cultural com o nome “300 mulheres: letras, histórias e equidades”.

A homenagem traz à luz as mulheres do passado e do presente que se empenharam para realizações importantes à sociedade e em seu pioneirismos nas mais diversas áreas da sociedade.

Dorit Kolling 

Sul rio-grandense por nascimento, Dorit Kolling veio para Cuiabá no ano de 1988 para compor o quadro de professores do Departamento de Artes da UFMT e aqui fincou raízes profundas, tornando-se uma cuiabana de coração que transformou toda sua gratidão em música para os cidadãos mato-grossenses.

É licenciada em Educação Artística - Habilitação em Música pela UFRGS, especialista em Música Brasileira e mestre em História pela UFMT. 

Desde agosto de 1989 é diretora artística e regente do Coral UFMT, com o qual participa de apresentações e concertos e encontro de coros na capital cuiabana, no interior do Estado de Mato Grosso, alguns estados brasileiros e países como Argentina, Uruguai e, mais recentemente, Panamá.

Em 2006, em parceria com a Orquestra Sinfônica, preparou o Coral UFMT e os solistas para a ópera “A Flauta Mágica”, atuando também como regente interno e diretora de palco.

Fez parte do conselho editorial da Associação Brasileira de Regentes de Coros (ABRC).

Atualmente é professora do Departamento de Artes, regente do Coral UFMT e regente-professora do Coral do TRT/MT, um projeto de qualidade de vida da Justiça do Trabalho.

Honrarias

Pelo trabalho prestado, já recebeu título de Cidadã Cuiabana (1998), título de Cidadã Mato-grossense (2007), Comenda da Ordem São José Operário do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau Oficial (2007 - Tribunal Regional do Trabalho TR-23ª), Comenda Ordem do Mérito Cultural Carlos Gomes (2007 - Sociedade Brasileira de Artes, Cultural e Ensino (SBACE)).

Silbene Corrêa

Cuiabana desde sempre, Silbene Corrêa começou a estudar piano com a Profa. Márcia Vialôgo Cunha, terminou seu estudos Técnicos em Piano pelo Conservatório de Musica do Rio de Janeiro em 1990. Ingressou no quadro funcional da UFMT em 1992 como músico coralista do Coral UFMT.

Em sua formação, conta a licenciatura em Educação Artística, especialização em Música Brasileira e mestrado em História, todos pela UFMT. Atualmente é doutoranda em História.

Foi coordenadora de cultura da UFMT entre os anos de 2008 a 2010. Também já esteve à frente da Orquestra Sinfônica de forma interina. Também coordenou o Laboratório Coral, um dos projetos de extensão do Núcleo Coral UFMT.

Como musicista e professora completou 33 anos de carreira,  já se apresentou nos mais diversos palco deste estado, do Brasil e no exterior.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS