11 de Dezembro de 2018,

Curiosidades

A | A

Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h:16 | Atualizado:

TUDO PELA FÉ

Evangélicas fazem sexo anal para se casarem virgens

sexo-casal-sexo-oral-1487351865852_v2_900x506.jpg

 

Todos sabemos que a Bíblia não permite sexo antes do casamento, no texto anterior eu até falei sobre o sofrimento das mulheres evangélicas que casam sem saber o tamanho do pênis do marido, mas o que nem todo mundo sabe é que muitas varoas, para segurarem o futuro varão, acabam oferecendo sexo anal como forma de aliviar a tensão sensual da relação. 

Os namoros evangélicos duram em média dois meses, após isso vem o noivado que dura em média um mês e logo em seguida já vem o casamento, se tudo der certo em 3 anos o casal já terá 4 filhos! O que acontece é que alguns namoros acabam extrapolando essa média de tempo, podendo chegar em 8 meses de espera pela noite reprodutiva, o que acaba causando a famosa tensão sensual. 

Achando que o sexo anal é proibido apenas para os homossexuais, as irmãs acabam cedendo a essa prática para reverter a situação, agradar o varão e apagar o fogo que as consome, mantendo a virgindade da bolsinha de Jesus intacta! Mas o resultado dessa prática pode ser bem desastroso... Muitas irmãs, em testemunhos de arrependimento, relatam as dificuldades dessa prática pecaminosa. 

"Parecia que eu estava naquele comercial do rio de Toddynho", disse uma irmã durante um testemunho de arrependimento, outra diz ter adquirido um trauma irreversível por feijoada e muitas reclamam da dor provocada pelo ato e relatam as dificuldades de defecar nos dias subsequentes. 

Por isso, irmã, antes de tomar essa medida desesperada, pense nas consequências. Você pode estar jogando fora uma vida inteira de santidade e devoção por um simples comichão nos órgãos sexuais! A melhor forma de previnir que a tensão sensual não ocorra é casando logo, três dias após oficializar o namoro com o abençoado, já comece a planejar o casório, não deixe para depois!! E lembre-se sempre da uma frase gospel clássica, já pronunciada por inúmeros pastores.

Postar um novo comentário

Comentários (38)

  • Said Joseph | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 17h47
    6
    2

    Oh Grande ALÁ ! Que Glória ! Que venham todas as evangélicas, sem exceção, e terão o gozo infinito, para todo e sempre.

  • EDSON LIMA | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 17h42
    4
    0

    Quem mexe com coisas de DEUS. MORRE. tragicamente espera e verá

  • Areal | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 17h13
    15
    1

    Sabe porque temos reportagem desse tipo? preguiça desse povo da redação irem as ruas produzir materias de utilidade publica ...

  • Cabo DALCIOLO | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 16h23
    0
    3

    JA PASSEI O RODO GERAL PRINCIPALMENTE NAS CRENTINHAS DE VARZEA GRANDE. EU NEM GOSTAVA TANTO DE SODOMIZA-LAS GOSTAVA MESMO DO BERREIRO A GRITARIA ERA EXCITANTE. MAS AI ME CONVERTI E ME TORNEI PASTOR E CANDIDATO A PRESIDENTE.

  • Dona Marcelina de Jesus | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 16h05
    6
    5

    Gostei da materia, bem elucidativa. Antes eu nao entendia porque tantas evangélicas eram adeptas dessa pratica, agora ja sei e sou feliz por isso. Obrigada

  • lucio | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 16h01
    7
    4

    Ja torei muita bundinha de crente

  • Aindon Barra | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h39
    11
    5

    GLÓRIA À DEUXXX!

  • Liz | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h32
    27
    6

    A matéria é uma um atestado de idiotice e interprofissionalismo, mas achar um idiota e um site para replicar ISSO!? PARABÉNS FOLHA MAX e ao editor responsável, cagada do dia.

  • Ana | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h32
    9
    10

    Ninguém se tocou que esse é um blog de humor??? Ela tem perfil no twitter. Gente retardada.

  • Intolerância | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h23
    16
    5

    Que absurdo! Reportagem preconceituosa, desrespeitosa com toda uma classe de pessoas. FolhaMax vocês deveriam pensar melhor no que andam publicando, esse tipo de reportagem é uma afronta não só às mulheres evangélicas, mas à todas as mulheres em geral.

  • Neo | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h14
    20
    5

    Que matéria imbecil. O que aconteceu com o site? O dono precisou viajar urgentemente e deixou-o nas mãos dos estagiários de espinhas na cara e tarados? Uma dica: deixem de ser idiotas. Esse tipo de matéria encontramos - se quisermos - em sites sem nem o mínimo de credibilidade. A não ser que esse seja o caminho que o folhamax queira tomar, deixem de lado a estupidez. Vocês são doentes, estúpidos.

  • Paulo Boss | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h10
    4
    1

    Cara Cleycianne, parece que estas a relatar experiências vividas ?????

  • Euviro | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h01
    12
    2

    Não somente as evangélicas, mas há também muitos evangélicos que fazem o sexo anal rsrsrs

  • André | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 13h46
    9
    2

    OOOOOUUUUUU alguém tem o contato dessas crentes kkkkkkkk eu quero conhecer elas mais profundamente

  • Selma Teles | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 13h21
    15
    7

    Isso é um desrespeito com a mulher evangélica. Lamentável essa reportagem. Não tenho dúvida que se trata de um repórter doente da alma com sentimentos claro de um doente.

  • jocelio pereira | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 12h45
    13
    7

    muito despreparo dessa jornalista. não sabe o que fala vai estudar mais um pouco, tem que respeitar mais um pouco os evangélico.

  • Flor de maracujá | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 12h39
    5
    2

    😂😂😂😂😂😂😂😂😂revelação do ano.

  • Paulo | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 12h28
    28
    7

    Que M... de reportagem, ou sei lá o que é isso....

  • Altair | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 12h24
    15
    7

    É pura realidade, não são todas, mas existe evangélicas que praticam o sexo anal antes do casamento. Normal elas fazerem, o que não é normal é as pessoas ficarem sabendo.

  • mendes | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 12h17
    23
    13

    apaga essa publicação !!!!!! que horror gente pelo amor de Deus affff

  • estudante | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 12h12
    29
    9

    Vá buscar informações concretas e verdadeiras antes editar uma matéria tão genérica como essa: "Os namoros evangélicos duram em média dois meses".Evangelicos fazem sexos anal para se casarem virgem? com base em que pesquisa cientifica se afirma isso? Caro editor se não tem competência para publicar algo inteligente ou aprofundado, publique receitas de bolo ao invés de instigar a intolerância religiosa e a degradação da dignidade dos individuos. O artigo 20 da lei de racismo cita: "Constitui crime de racismo praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional". A pena para quem pratica esse crime pode chegar a cinco anos de reclusão.

  • martins | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 11h58
    18
    7

    isso acontece com poucos pessoas, não podemos generalizar, matéria sem sentido e nada constrói.

  • Junior silva | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 11h58
    13
    6

    Nossa quanta boçalidade nessa matéria, não tinham nada pra escrever quando assim, eu aposto que quem escreveu essa matéria foi um viado ou uma sapatao.

  • Julio Santos | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 11h48
    15
    8

    É o fim mesmo! A que custo um jornal se presta a esse nível rasteiro, beirando ao esgoto de uma reportagem dessa. Mamãe me acode!

  • CUIABANO REVORTADO | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 11h08
    36
    11

    È muito despreparo do editor publicar uma merd... dessa . Se é falta de matéria , não publique , poste receita de como fazer gelo , como dar descarga em vaso sanitário . Muita mediocridade ....

  • experiente54 | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 11h06
    15
    12

    palhaçada...libera logo a perseguida e pronto!! anal não é pra todo mundo. A mulher tem que gostar e o homem saber fazer. Pra que colocar a porra da religião no meio. Nada haver uma coisa com outra. Sexo é condição fisiológica. Assim como cagar e mixar...

  • Emerson Marques | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 10h31
    28
    9

    Que matéria mais imbecil, se falha em defender as mulheres e vem um jornalista efaz uma matéria ofensiva, como em qualquer seguemento há pessoas boas ou não , como jornalista, políticos, empresários, médicos, enfermeiros enfim as mulheres evangélicaa são na sua grande maioria, guerrera, sabias, honestas, que lutam e edificam sua família. A questão sexual aqui falada de forma pejorativa dada ao órgão sexual feminino"bolsinha de JESUS é ofensivo não só as mulheres mas a todos cristão. No mínimo um site de tanta credibilidade deveria pedir desculpas por esse jornalista se é que pode chamá-lo assim de ofender o maior símbolo da humanidade não só dos cristãos Jesus. As igrejas caro "jornalista" tem se dedicado mais do que nunca ao ensino da palavra de Deus na questão sexual, não na "sua visão" que é deturpada e nem na visão dos crentes mas sim da palavra de Deus que vc provavelmente desconhece, respeita e vive. Independente do credo religioso a mulher precisa ser respeitada bem como sua intimidade e antes que diga que esse texto foi escrito pra esconder o que acontece no meio gospel não é não pois eu sei bem que acontece no meio evangélico sim essa prática mas não só no nosso meio como em outros também, mas cada um dará conta de si ao Senhor. Respeite o maior símbolo cristão. Com o nome de Jesus não se brinca

  • amaral | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 10h28
    15
    6

    Pela primeira vez vejo a "preseguida" ser chamada por "bolsinha de Jesus". Arre égua!!

  • Luciano | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 10h16
    14
    17

    hahahahahahahahah, melhor reportagem da história!!!

  • karol | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 10h01
    16
    5

    Que isso falta mateira mesmo!!

  • pastor Jim Jones | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 09h43
    13
    14

    Tá doido meu, então as evangélicas etão todas com o bagageiro arrombado! ALÁ tem poder!

  • Marcos Cezar | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 09h39
    11
    9

    Conheço umas irmãs que ARREPIA na hora de da o butico DÃO COM gosto.

  • Ilze | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 09h25
    10
    13

    Evangélico o povo mais sem noção desta terra brasilis. Essa gente referendou a politica do atraso que vige no Brasil de hoje. Eles acham que são melhores que todos e detém a verdade, e aqueles que não pensam como eles, são ímpios. SQN. Nos humanos não sabemos de nada. Temos crenças; mas não a verdade. O mundo é um mistério.

  • Said Joseph | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h56
    13
    10

    Já comecei a me apaixonar pelas evangélicas. Concordo com elas em gênero, número e grau. O sexo anal é mais gostoso e não é pecado. Desde já, quero me corresponde com as evangélicas, que assim como eu, amam o sexo anal. Enfim, amam a orgia.

  • Edson | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h52
    67
    16

    Aff! Que idiotice. Tá faltando pauta?

  • Sonia | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h43
    21
    10

    Os sodomitas não herdarão o Reino dos Céus. Sodomia, não é uma prática inerente apenas aos homossexuais. Heterossexuais podem ser sodomitas, desde que fazem uso do sexo anal.

  • Vanderleia popuzuda | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h40
    39
    22

    ISSO É VERDADE, ATÉ PORQUE EU SEMPRE FUI EVANGÉLICA.

  • neguinha | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h28
    56
    25

    Que matéria mais ofensiva e idiota, para denegrir a imagem das evangélicas, se é testemunho não deve ser publicado na internet, falta de respeito com a mulher, e muito fofoqueiro esse que ouvi o testemunho e sai falando, pecador vai queimar no fogo do inferno! Tudo que é relação a evangélicos, pastor sai na mídia, em outras religiões não acontece nada o povo é tudo santo. Dois pesos e duas medidas, Deus esta vendo o julgamento!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS