15 de Dezembro de 2018,

Economia

A | A

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 16h:07 | Atualizado:

RANKING

Energia elétrica lidera reclamações dos consumidores de MT

ENERGIA.jpeg

 

O Procon Estadual, órgão vínculado a Secretária de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) registrou no mês setembro 2.351 atendimentos. Por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) foram 1.571 registros e pelo atendimento online – www.consumidor.gov.br – foram registrados 780 em Mato Grosso.

No Sindec, o campeão de reclamações foi a categoria "Serviços Essenciais", com 818 registros. Liderando o setor está "Energia Elétrica" com 343 atendimentos, seguido por "Água e Esgoto" com 271 registros. A terceira posição ficou com "Telefonia Celular" com 102 reclamações.

O segundo lugar do ranking é ocupado pelo setor de "Produtos" com 256 reclamações, registrando 111 procedimentos para a categoria "Combustível Automotivo (Gasolina, Álcool, Diesel, Gás)", 38 para "Telefone" e sete para "Vestuário (Calçado/ Roupa)".

A área "Assuntos Financeiros" ficou em terceiro lugar no ranking, com 253 registros: 96 para "Banco Comercial", 44 para "Cartão de Crédito" e 18 para "Cartão da Loja". Já o setor "Serviços Privados", com 198 registros, ocupa a quarta posição, com 48 procedimentos para "Escola (Pré, 1°, 2° Graus e Superior)", 26 para "TV por Assinatura (Cabo, Satélite, Etc)" e 26 para "Estabelecimento comercial (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc.)".

O setor "Saúde" ocupa o quinto lugar do ranking com 30 reclamações, seguido pela categoria "Habitação" com 10 reclamações. A última posição do ranking de setembro, é ocupada pela área "Alimentos", com seis registros.

Atendimento Online

Por meio da plataforma www.consumidor.gov.br. O Procon registrou 780 reclamações em Mato Grosso. A área ''Telecomunicações'' lidera o ranking, com 332 registros; em segundo lugar estão ''Serviços Financeiros'', com 233 reclamações; e em terceiro, ''Produtos de Telefonia e Informática'', com 91 registros.

Na quarta posição da plataforma, está a categoria “Transportes”, com 33 reclamações e, em quinto lugar, aparece a categoria “Demais Produtos”, com 27 reclamações. O sexto lugar é ocupado pela área “Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos”, com 24 registros, e o sétimo pela categoria “Demais Serviços”, que teve 23 registros. Em oitavo lugar, com nove reclamações, está a área “Saúde”, seguida por “Água Energia e Gás'' e "Alimentos" ambos em nono lugar, e obtiveram três registros.

A categoria "Turismo/ Viagens" obteve duas reclamações registradas, já "Educação" e "Habitação", não tiveram registro no mês de setembro na plataforma www.consumidor.gov.br.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS