25 de Junho de 2018,

Entrelinhas

A | A

Quarta-Feira, 13 de Junho de 2018, 09h:23 | Atualizado:

TAQUES E MAURO

Aliança é rompida após 4 eleições

taques-mauro.jpg

 

Quem não gostou nada do anúncio da pré-candidatura do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), ao Governo do Estado foi o atual chefe do Palácio Paiaguás, Pedro Taques (PSDB). Afinal, em 2010, 2012, 2014 e 2016, ele e MM estiveram no mesmo palanque. Agora, há a possibilidade de, pela primeira vez, estarem em lados opostos. 

Taques sempre acalentou o sonho de ter o DEM em seu palanque. E até havia escalado o ex-senador Jaime Campos e o deputado Eduardo Botelho para defender o seu sonho entre os democratas. Vale lembrar que, desde que o comando do DEM foi entregue a Fábio Garcia, discípulo de Mendes, Jaime já havia avisado a Taques que, se o ex-prefeito decidisse ser candidato, ele nada poderia fazer. 

Caso Mendes saia candidatura, ele reeditará a dobradinha com Otaviano Pivetta, que disputou o Palácio Paiaguás em 2010. A dupla perdeu a eleição, no 1º turno, para o agora tristemente famoso Silval Barbosa (MDB). 

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • alexandre | Quarta-Feira, 13 de Junho de 2018, 11h54
    2
    2

    pedro taxis pode ir pra senado.... pra governo não ganha...

  • Esther | Quarta-Feira, 13 de Junho de 2018, 11h37
    3
    1

    DESFAÇAM A CAGADA QUE FIZERAM COM MT DE APOIAR ESSA COISA FRAUDULENTA , CORRUPTA E INCOMPETENTE QUE É ESSE ANÃO DITADOR QUE ACABOU COM A ECONOMIA DE MT....

  • Paulo Crente | Quarta-Feira, 13 de Junho de 2018, 09h52
    4
    5

    CANALHAS UM LIXO TODOS ELES...VOTO N U L O.

Loading...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS