19 de Outubro de 2018,

Entrelinhas

A | A

Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 11h:25 | Atualizado:

KANDIR

Senador tenta salvar caixa de MT

wellington.jpg

 

A Comissão Especial Mista do Congresso Nacional aprovou, por unanimidade, na última terça-feira, relatório do senador Wellington Fagundes (PR), que propõe mudanças na Lei Kandir e ajuda muito Mato Grosso. Mais importante, aumentou o valor da compensação.

Com isso, MT – principal produtor de produtos primários destinados à exportação – tem sua compensação elevada dos atuais R$ 400 milhões para R$ 6,052 bilhões. E tem mais: WF também contemplou proposta do secretário de Fazenda, Rogério Galo, que define que o valor do FEX para MT, em 2018, de R$ 1,950 bilhão, seja pago em 30 dias, a partir da aprovação da lei. 

Agora, resta aprovar a lei no Congresso e sancioná-la na Presidência da República. Se tudo der certo, esta montanha de dinheiro será a salvação da lavoura para a crise do caixa do Governo do Estado. 

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Pedro | Sexta-Feira, 18 de Maio de 2018, 08h59
    1
    1

    E o pessoal da SECOM tá trabalhando igual doido aqui nos comentários kkkkkkkkkkkkkkk

  • Pardal | Sexta-Feira, 18 de Maio de 2018, 08h22
    0
    3

    Este sim, preocupa e traz dinheiro para MT

  • Henrique neto | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 23h08
    6
    8

    Eu voto no Fagundes...sem medo..

  • Rodrigo | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 21h44
    6
    6

    Vai ter candidato sendo algemado no palanque nessa eleição de 2018....

  • Durval Breda | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 19h41
    12
    5

    Wellington 2018, na cadeia

  • Marcos | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 16h07
    13
    11

    Vou votar no Welson Fagundes, assim como votei no Mané Pinheiro.

  • Marià | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 15h36
    18
    18

    QUER SER GOVERNADOR. O MEU VOTO NÃO TÊM.

  • pacufrito | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 15h13
    4
    13

    Produtores do MT, se cuidem porque destes politicos não da para esperar boa coisa, esta mudança pode representar mais taxação para o agronegócio, ainda mais vindo de quem veio a proposta.

  • Lilo | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 14h42
    18
    11

    WELTO governador. Fora Taques!

  • Teka Almeida | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 12h19
    40
    9

    Poderia até ser a salvação da lavoura se o nosso Mato Grosso fosse administrador por um gestor e não com esse DESgoverno e seus despreoarados secretários. O dinheiro vai para o ralo e tudo continua pior do que está.