19 de Fevereiro de 2019,

Esporte

A | A

Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 15h:57 | Atualizado:

TRAUMATISMO CRANIANO

Lutador de kickboxing morre após luta

rafael-beiton-kickboxing.jpg

 

Um lutador de kickboxing morreu em Mogi das Cruzes depois de participar de uma luta. A causa da morte foi traumatismo cranioencefálico.

Rafael Beiton, de 31 anos, morava em Recife, no Pernambuco, e veio a Mogi das Cruzes para participar do torneio Ichiban de Kickboxing no domingo (10). O lutador morreu na noite desta segunda-feira (11).

A organização do evento informou que "o Ichiban Kickboxing é supervisionado pela Confederação Brasileira de Kickboxing e seguiu todas as exigências nacionais e legais. O atleta Rafael Beiton passou mal momentos após a luta e foi prontamente atendido pelos socorristas, médico e levado pela ambulância ao pronto-atendimento. No momento estamos ao lado da família auxiliando os trâmites para fazer a transferência para Recife onde será o velório e sepultamento no cemitério Santo Amaro."

Foi a irmã dele, de 35 anos, quem comunicou o caso para a polícia. Em seu depoimento ela disse que Rafael sentiu um mal súbito depois da luta, foi socorrido e depois levado ao Hospital Luzia de Pinho Melo.

De acordo com o boletim de ocorrência, ele foi diagnosticado com traumatismo cranioencefálico grave e ficou internado. Porém, morreu por volta das 21h30.

A Policia Civil solicitou que o corpo de Rafael passasse por exame necroscópico.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS