19 de Setembro de 2018,

Opinião

A | A

Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 17h:10 | Atualizado:

Suely Sampaio

A educação atual

suely-sampaio.jpg

 

A educação no Brasil atualmente passa por crises de desempenho, 54% dos adultos entre 25 a 64 anos não detinham o ensino médio no Brasil, no ano de 2013,  (OCDE). A qualidade da educação está decadente conforme se passam os anos e isso está relacionado não só com a qualidade da formação dos profissionais de ensino, mas também com as condições de trabalho dos professores, ambientes desagradáveis tornam o aprendizado massivo e cansativo.

A falta de procura e empenho da população para a melhora efetiva também faz parte desse quadro decadente, uma população que não busca melhoras na educação em diversas áreas, o Brasil é um dos países com o maior numero de pessoas sem diploma do ensino médio: mais da metade dos adultos 52 % não possuem esse nível de formação em uma faixa etária entre 25 e 64 anos segundo a OCDE. (Organização para a cooperação e desenvolvimento econômico).

Essa realidade tende a ter ligação com a baixa renda, essas pessoas que abandonam o ensino médio sem concluir em sua grande parte abandonam para ter que trabalhar e ajudar em casa justamente pelas condições de vida precária em que se encontram. Essas pessoas abandonam os estudos com a idéia de que vão conseguir retornar mais tarde, mais a dificuldade de acompanhar conforme se passam os anos torna se maior.

Ainda existe esperança, podemos crer que um novo governo com outro olhar mais positivo sobre a situação possa nos trazer melhorias na educação, a população em conjunto cobrando mais e trazendo novas perspectivas sobre essa triste realidade.

Suely Sampaio

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Frederico | Sábado, 15 de Setembro de 2018, 10h29
    1
    0

    Vendo essa fotografia me parece uma figurinha saindo das trevas. O vocabulário perturbado de qualquer mortadela, sempre distorcendo os fatos para apodrecer tudo e comer os restos.