16 de Novembro de 2018,

Polícia

A | A

Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 08h:15 | Atualizado:

HISTÓRICO

Advogados envolvidos em confusão em Cuiabá com policiais têm passagens criminais


Da Redação

advogado-policiais3.jpg

 

Os advogados Luciano Carvalho e Dyego Nunes envolvidos em uma confusão com policiais civis durante um atendimento a uma ocorrência de trânsito na noite da última sexta-feira (11) já possuem outras passagens pela policia. De acordo com informações, Luciano que alega ter sido agredido por policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) tem passagens por apropriação indébita, invasão de propriedade particular, injúria contra mulher e estelionato.

Já o também advogado Dyego Nunes tem passagens pela polícia por infringir a Lei Maria da Penha. Ele teria divulgado fotos íntimas da ex-namorada sem o consentimento dela, após o término do relacionamento. De acordo com o delegado Christian Alessandro Cabral, há suspeita de que Dyego estava conduzindo o carro sob o efeito de álcool. No entanto, ele se recusou a fazer o teste do etilômetro no momento da ocorrência.

Em reunião com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SESP), nesta segunda-feira (9), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT) denunciou policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) por suposta agressão ao advogado, Luciano Carvalho que fazia a defesa de um cliente, suspeito de atropelar duas pessoas na sexta-feira (6).

O acidente aconteceu no bairro CPA 4, em Cuiabá. Imagens de uma câmara de segurança mostram quando um veículo passa pela rua 7, faz uma manobra e atinge duas pessoas, sendo uma delas um homem de 54 anos. O acidente é apurado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran). Na ocasião Dyego conduzia um veículo.

Já a situação em que o advogado Luciano acusa policiais de abuso de autoridade e agressão é apurado pela Corregedoria da Polícia Civil.

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • Paulo Crente | Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018, 09h31
    1
    0

    GOE bateu pouco isso sim.

  • ROBERTO RUAS | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 23h09
    4
    0

    O FOLHAMAX publica " suspeito " de atropelar . Essas imagens são de um " suspeito" atropelamento? Afff! ,

  • Rosino(chirrão) | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 21h56
    6
    2

    O raça ruim é o tal advogado...fazem de tudo pra livrar suas caras..o meu pai sempre disse que: A PESSOA QUE MENTE ROUBA..

  • Fábio | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 19h37
    6
    0

    Para quem não sabe a GOE (Gerência de Operações Especiais) faz parte da estrutura da Polícia Judiciária Civil, na Polícia Militar a unidade de operações especiais chama-se BOPE.

  • CRIS | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 17h58
    8
    2

    Deise, minha filha, presta atenção. Quem supostamente agrediu os "adevogadozinhos" foi o GOE, da Polícia Militar, o Dr.Cristian é delegado da Deletran, ou seja Polícia Civil, que por sinal tem feito um trabalho perfeito junto à esta Delegacia.

  • Joao Mensageiro | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 17h24
    13
    3

    E a OAB defendendo esses vagabundos, capivara longa, é a cara da OAB dos dias atuais, cada dias se suja mais por causa desses maus elementos. Vergonhas para os advogados que honram seus nomes, que são honestos e respeitam as leis.

  • fidedigno | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 12h11
    31
    3

    só "adevogado" gente fiiina. bandidos com OAB. e tem muitos desses hoje em dia.

  • Jorge Roberto | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 11h36
    35
    2

    QUE VERGONHA PARA OAB!!! SERÁ OUTRA CASA DOS HORRORES EM MT?

  • fabio | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 10h39
    35
    3

    OAB como todas o Conselhos regionais são corporativistas, negligentes e morosos para punir maus profissionais. A OAB tem um agravante a tal da "prerrogativa" o que faz da OAB a instituição com o maior numero de processos disciplinares, que na sua maioria acaba em acordos (principalmente apropriação indébito) que no meu ver é furto. A OAB instituição totalmente regida por politicagem de moral "0"

  • Joao Bosco | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 10h26
    33
    4

    Fico intrigada pelas razões que levam uma instituição a defender com tanta veemência associado seu envolvido no cometimento de um crime!

  • Deise | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 10h03
    19
    48

    Chega dar vergonha, um delegado querer agora justificar a forma de abordagem de seus homens com o passado da vítima. Seja capaz de identificar e reconhecer o seu erro e o de seus agentes. Uma coisa é o crime cometido pelo tal Dyego, o qual deve pagar por estes como qualquer outro cidadão que os comete, outra, é o crime cometido pelos policiais ao Advogado. Vergonha que chama?

  • caveira | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 09h56
    16
    3

    Duas instituições lixo, deveriam dar o exemplo e banir esses dois, mas como são instituições corriqueiras e corporativistas e gananciosas mantem sabem porque? porque não estão preocupadas com suas imagens mas sim com a conta bancária, ou seja, não importa se são canalhas, contraventores, se tem processos, se aprontam, se são péssimos exemplos e péssimos advogados se é que são advogados mesmo, o importante é esses dois pagarem a anuidade para manter essa instituição e em contra partida essas instituições os defendem com unhas e dentes, mesmo sabendo que esses dois asquerosos mantém comportamento inadequado para quem se diz ser advogado, deveriam honrar o juramento e pelo menos ser homens e assumirem seus erros, ficaria muiiiito mais bacana, mas começou sendo covarde e terminou como covarde e o pior ainda acha quem os defende mesmo sabendo que estão errados, habilitação vencida, documento do carro vencido, atropela duas pessoas e não presta socorro, fugiu do local, alcoolizado conforme matéria, resistência a prisão e outros, belo exemplo SQN, quem defende uns tralhas desses se iguala aos mesmos, são do mesmo nipe e da mesma lama. Sem moral querendo se fazer de vitima para se livrar de mais um crime.

  • Jair | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 09h37
    39
    3

    Essa OAB virou a casa da mãe Joana ...parabéns aos policiais

  • Adelia | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 09h35
    39
    3

    Que vergonha!!!!! Dois bandidos com carteira de advogado!? Está bem claro agora quem são os errados, mentirosos e bandidos. Deveriam ser punidos e não defendidos pela oab. Vergonhoso! Cruzes

  • Henrique Lopes | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 09h28
    20
    3

    Quando se vê uma instituição defendendo pessoas numa situação confirmada e registrado os atos ilícitos, simplesmente por serem corporativistas, percebe-se por que o Brasil vive essa situação de verdadeiro desrespeito as leis. O exemplo de domingo em que um plantonista tentou soltar um condenado sem o menor pudor e vergonha é reflexo desses atos menores de absurdos e falta de caráter dos envolvidos. O judiciário é o principal causador da corrupção no Brasil por não coibir e muitas vezes participar das contravenções.

  • Seu Saraiva Corregedor | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 09h19
    18
    51

    Ata, então isso justifica a agressão dos policiais né delegado? Essa é a forma da polícia de MT trabalhar então, agora quando é bandido armado e violento vocês não tem essa truculência toda. Um erro não justifica outro, mesma coisa que eu falar que estava dirigindo bêbado porque a mulher me largou, já que uma situação que qualquer motivo justifica a prática de crimes.

  • Zion | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 08h42
    66
    10

    Sem comentários. A conta vai chegar Luciano. Suas mentiras vão por água abaixo. Abracrim e OAB lixo demais nessa situação. PARABÉNS aos policiais da GOE.

  • Jpa | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 08h41
    53
    7

    Cuidado vcs ficarem divulgando isso sobre o Nobre advogado , Jajá a comissão da OAB que deve esta sem nada pra fazer , vai defender esse cidadão é entrar com um representação contra o site.

  • Ângelo | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 08h40
    46
    4

    Ou seja, tudo gente boa ! SQN !

  • Antônio | Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 08h39
    67
    4

    A OAB tinha que tomar vergonha na cara e extinguir esses advogados da ordem...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS