21 de Julho de 2018,

Polícia

A | A

Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h:06 | Atualizado:

TRÂNSITO

Embriagada, empresária atropela 2 crianças e foge em Cuiabá

Instrutora de pilates se apresentou horas depois na delegacia


Da Redação

ACIDENTE-8ABRIL2.jpg

 

A empresária R.Z.C, 48 anos, atropelou duas crianças na noite deste domingo (16) na avenida 8 de Abril, no bairro Porto, em Cuiabá. 

As informações, conforme boletim de ocorrência, são de que a instrutora de pilates se escondeu no condomínio onde mora, no Residencial Ipiranga II, após o acidente. 

O caso ocorreu, por volta das 18h30, quando a empresária em seu veículo Fiesta tentava fazer o retorno na Avenida José Feliciano de Figueiredo,  próximo ao condomínio onde ela mora. Ela acabou atingindo os menores.

As vítimas ficaram feridas. Ambas foram encaminhadas ao pronto-socorro.

Populares que testemunharam o acidente relataram a Polícia Militar que a suspeita havia fugiu para o condomínio sem prestar socorro as crianças. 

A PM e PJC foram até o local e o apartamento da suspeita precisou ser arrombado. Porém, ela não foi localizada. 

Depois de horas, a empresária ligou na delegacia de polícia afirmando que se entregaria e que só deixou o local do acidente após alguns populares tentarem lincha-la. 

A empresária se apresentou a Central de Flagrantes  (Cisc) e realizou o teste do bafômetro, que constatou 0,12 mh/l, quantidade acima do permitido em lei.

A empresária foi autuada por direção perigosa e lesão corporal culposa. A Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) vai acompanhar o caso.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Cidadão | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 17h50
    4
    0

    Esse é o exemplo de educação que a classe burguesa (provida, abastada, privilegiada) nos dá!

  • Marcio Natal | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 17h06
    7
    0

    Mentira, ela fugiu mesmo. Não teve nada de ninguém tentando linchar ela, Graças a Deus não matou. Parabéns PM e PJC

  • DEVITTTA | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 14h15
    6
    0

    MAS HEM? CADÊ O NOME DA CRIMINOSA E COVARDE?

  • Maranhão | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 14h07
    3
    0

    Folhamax porque ocultou o nome da salafraria?

  • PVA do Leste | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 11h42
    13
    5

    Tava querendo ir em Cuiabá, mas estou pensando seriamente em não ir mais. Porra, toda hora morre um atropelado aí, e na calçada aínda!

  • Cfm | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 11h11
    21
    7

    Seu Justino nao e toda mulher que e irresponsável e bebe e sai por ai dirigindo. homens também sao irresponsáveis tem muitos por ai agora o senhor querer generalizar que toda mulher dirige mal faça me o favor se o senhor defende o sexo masculino desse jeito. Leia isso que o senhor escreveu para sua mae,esposa ou filha se tiver e garanto que elas vão se decepcionar com o tipo de ser humano que o senhor é . Nao basta ser pessoa temos que ser humanos perante todos os homens e mulheres unidos contra qualquer tipo de preconceito.

  • Andre wilker | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 10h51
    13
    0

    E como estão as crianças?ea lei transforma em crime hediondo ao dirigir embriagado.

  • Justino | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 10h30
    38
    31

    A mulherada já dirige mal.. agora embriagadas só fazem mrd... segunda em menos de 24hs.

  • Patrica | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h54
    24
    2

    Tá na moda agora atropelar gente????

  • duvida | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h27
    40
    1

    muito estranho não divulgar o nome completo da empresáqria, sendo que no atropelamento do verdureiro divulgaram tudo da médica que o atropelou...qual o criterio para não divulgarem de uma e da outra,sim?...isso ocorre constantemente neste site, não divulgam muitas vezes os nomes completos dos bandidos e outros.

  • normal | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h22
    23
    2

    que tenha uma vida longa na CADEIA

  • Xomano!!! | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h20
    29
    1

    Bom, se após tanto tempo depois do ocorrido ainda se constatou 0,12 mh/l no teste de Bafômetro, na hora do acidente provavelmente estava TRIBÊBADA!!!!!

  • Rogério | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 09h16
    24
    2

    E ir pra cadeia, nada.

Loading...