22 de Outubro de 2018,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2018, 11h:41 | Atualizado:

ZERO KM

Garota de programa rouba celular e mata cliente com facada em VG

mortezero.jpg

 

Cosme Pereira dos Santos foi morto na manhã desta sexta-feira (12) por uma garota de programa num bar no bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande. De acordo com as informações, ele levou uma facada da prostituta.

Policiais apuraram que a vítima esteve durante toda a noite no bar e, ao final, realizou um programa com a suspeita. Ela teria furtado R$ 1 mil e o telefone celular dele.

Ao sentir falta do dinheiro e do celular, Cosme retornou ao bar para tentar recuperar o telefone. Ela, porém, além de não entregar o telefone, desferiu uma facada no peito da vítima.

O homem morreu no local do crime. Policiais militares foram acionados e fizeram a detenção da garota de programa. Outras mulheres que estavam no local também foram levados a delegacia.

A Polícia Civil, por meio da DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa) vai investigar o caso.

 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • ELEITOR 2018 | Sábado, 13 de Outubro de 2018, 10h01
    1
    2

    É só nao ir nesses lugares que isso não acontece. Vote 17#

  • Brasileiro | Sábado, 13 de Outubro de 2018, 01h29
    4
    1

    Pessoal fala de lei outros de maior fiscalização. Será que vai adiantar alguma coisa. O crime se banalizou. Ninguém tem temor nem respeito pelas regras. Precisamos de choque de ordem e moralidade . Pessoa tem pensar duas vezes antes de tentar contra vida alheia . Vagabundo tem que ter receio das autoridades. Hoje o que eu vejo é a inversão de valores. Polícia tem medo do bandido, juiz e o perseguido o estado assiste e proteja o delinquentes. Em quanto a minoria e organizada a maioria sempre vai ser oprimida.

  • Carlos | Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2018, 22h58
    1
    1

    Mais uma pessoa de bem, de família, assassinada. Bostonaro 2018.

  • Davi | Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2018, 18h59
    32
    4

    Criar o crime de programicidio agora para proteger as vítimas das garotas de programa. SQN. Precisamos mesmo mudar a Lei de Execuções Penais e o Código de Processo Penal acabando com esse excesso de visitas a presos, regalias, prisão após decisão de mérito de primeira instância e ponto final. B17!

  • Alexandro coelho | Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2018, 18h36
    24
    2

    Já passou da hora da polícia Civil e Militar dar uma batida nesse zero. Há vários crimes ali tal como, tráfico de drogas, exproração sexual de menores sendo que cada ponto que as garotas ficam pagam para alguém que na verdade São traficantes.

  • Juca | Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2018, 18h29
    17
    1

    Seria mais um caso de homenicídio? Segunda notícia desse tipo de crime em menos de 24hs. Acho que precisamos criar mais uma lei.

  • BREDHOT | Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2018, 16h49
    9
    13

    ROBSON CALA BOCA DEMÔNIO NÃO TEM NADA A VER COM HISTOTIA E MUITA BURRICE É MUITA SENVERGONHICE DAS PESSOAS FAZER AS MERDA E CULPA DEMÔNIO .....

  • ROBSON | Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2018, 13h21
    45
    8

    Oha aonde o demonio agiu acabou com a vida dela e agora da família da vitima estamos no fins da humanidade aonde a própria humanidade se acaba triste ver essa noticia mais aconteceu ja nao volta mais atrás.