11 de Dezembro de 2018,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 11h:34 | Atualizado:

TERROR

Ladrões são presos após apontar pistola na cabeça de criança em roubo

No momento da prisão , os suspeitos se recusaram a sair do carro


Da Redação

roubo

 

Dois homens foram presos por trancar uma família em um banheiro e colocar uma pistola falsa na cabeça de uma criança, na madrugada desta sexta-feira (7), Residencial Aricá, em Cuiabá.

As informações são de que durante o assalto, os criminosos invadiram uma residência e rederam a familia. As vítimas relataram que os vabdidos foram violentos e que  um deles colocou a pistola na cabeça de uma criança. 

De acordo com boletim de ocorrência, a equipe do 24º Batalhão da Polícia Militar foi acionada com informações de que havia ocorrido um roubo a residência e que os bandidos fugiram com um veículo Civic. 

Em diligências, os policiais localizaram os suspeitos transitando pela região do Pedra 90. Ao perceberem a presença policial, o condutor “jogou” o carro contra a viatura e tentou a fuga.

A dupla foi presa e chegaram a se trancar dentro do carro, recusando a sair. No veículo foram encontrados os objetos roubados da casa e uma pistola de Airsoft, de cor preta que foi reconhecido pela vítima como a mesma utilizada no roubo.

Os suspeitos foram encaminhados a Central de Flagrantes.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Zeca | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 15h00
    4
    0

    Era só colocar fogo, era só raça infame pulando igual pipoca.

  • Justiceiro | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 13h52
    6
    0

    JA QUE ELES SE TRANCARAM NO CARRO E NÃO QUERIAM SAIR, ERA SO A POLICIA JOGAR UMA BOMBA DEBAIXO DO CARRO....AI ELES IAM SAIR

  • Cioe | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 13h27
    7
    0

    Lamentável esses canalhas,crápulas não terem tombados em confronto com a gloriosa. O marginal q aponta uma arma na cabeça de uma criança,nem o capeta o QUER.Esperemos q não sejam LIBERADOS na maldita audiência de custódia.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS