15 de Novembro de 2018,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 08 de Novembro de 2018, 10h:17 | Atualizado:

DRAMA NA MATA

Piloto sobrevive comendo bolachas e bebendo água após queda de avião em MT

Maicon Semencio Esteves ficou 4 dias desaparecido e estava bastante debilitado


PEIXOTO

piloto-achado.jpg

 

O piloto Maicon Semencio Esteves, 27 anos, encontrado vivo após a queda do avião em que estava em uma região de mata no Norte do Estado sobreviveu a base de água e bolachas que estava com ele durante os quatro dias entre a queda da aeronave e sua localização, na tarde desta quarta-feira. A aeronave agrícola em que Maicon pilota caiu no sábado (3), e chegou a pegar fogo. 

De acordo com relato do tenente Fonseca, do Corpo de Bombeiros, o piloto relatou que estava com o avião baixo e, no rasante, possivelmente por pane seca, caiu. Segundo ele, o incêndio iniciou durante a queda, momento em que Maicon em uma saída às pressas, queimou braços, mãos e face. 

O piloto chegou a usar o aparelho celular para localizar a estrada, mas a bússola indicava um caminho reto pela floresta. “Quando tentou caminhar pela floresta encontrou dificuldade porque é impossível fazer o deslocamento em linha reta, já que é preciso fazer curvas, contornar árvores e cipós. Nessas voltas ele se perdeu, não encontrou a estrada e andou muito mais do que esperava andar”, disse o tenente.

Maicon foi encontrada na tarde desta quarta-feira (7), por fazendeiros da região. Imagens divulgadas mostra o piloto debilitado, sendo atendido pela equipe de resgate. 

Segundo tenente, para proteger o rosto dos espinhos, o piloto ficou com capacete de voo, isso dificultou a percepção dos fogos e dos chamados que foram feitos durante toda a terça-feira, o dia que os bombeiros mais fizeram buscas e que ficaram mais tempo na mata. 

Quando encontraram o piloto, cansado sem condições de caminhar mais, devido aos ferimentos, tinha feridas abertas e insetos causando mais ferimentos na pele. Ele comeu somente as bolachas que tinha consigo, durante todo esse tempo. 

Diante do estado debilitado, Maicon deixou a floresta sendo transportado em uma maca improvisada.

A Polícia Militar local informou que o estado de saúde do piloto ainda não foi divulgado, mas aparentemente não há risco de morte. Ele foi encaminhado para uma unidade de saúde.

A equipe do Corpo de Bombeiros teve ferimentos com espinhos e carrapatos presos à pele devido às condições do local.

ACIDENTE

O acidente foi testemunhado por um agricultor que estava mais ou menos 500 metros do local da queda, arando a terra. A queda ocorreu na tarde de sábado (3), o agricultor relatou que viu o momento em que avião desceu rapidamente e não subiu. O trabalhador foi até uma fazenda próxima e avisou na sede para chamar o socorro. Na segunda-feira foram vistos galhos quebrados por pessoas que começaram as buscas e pelos dois PMs. Os PMs encontraram a porta do avião aberta e um canivete a alguns metros da aeronave, o que indicava o deslocamento do piloto.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS