20 de Março de 2019,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 08h:30 | Atualizado:

CRIME BÁRBARO

Produtor rural que matou engenheiro agrônomo consegue cela especial em MT


Da Redação

silas morte

 

O produtor rural, Paulo Faruk de Moraes, de 61 anos, réu no caso de assassinato do engenheiro agrônomo, Silas Henrique Palmieri Maia de 33 anos, teve o pedido de concedido para a transferência para uma cela especial, em decisão na comarca de Porto dos Gaúchos (km de Cuiabá).

A decisão do juiz Rafael Depra Panichella, do último dia 11 acata parcialmente o pedido do réu.

“Desta feita, em respeito ao decidido em audiência de custódia mantenho o deferimento de prisão especial ao representado Paulo Faruk de Morais, a ser executada, nos termos e fundamentos desta decisão, em cela separada da unidade prisional desta comarca de Porto dos Gaúchos, com fundamento no art. 295, inciso X, e parágrafos, do Código de Processo Penal (Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941)”, decidiu.

Na audiência de custódia, a defesa do produtor aportou pedido de prisão especial no CCC – Centro de Custódia de Cuiabá, ou que aguardasse a transferência no Batalhão da Polícia Militar de Juara, já que  não havia cela especial na Cadeia Pública Local. Na decisão do juiz, o réu deve ficar em cela especial, mas o mantém em Porto dos Gaúchos.

A defesa baseou-se no fato de que Faruk já exerceu função de jurado em tribunais do júri na cidade de Nova Mutum. 

Paulo Faruk foi preso no dia 21 de fevereiro depois de quatro dias de executar o engenheiro agrônomo Sila Henrique Palmieri Maia de 33 anos, ocorrido no distrito de Novo Paraná em Porto dos Gaúchos.

Silas foi alvejado com tiros na cabeça e morreu a caminhão do hospital. Um vídeo mostra o momento exato em que o produtor mata o agrônomo.

 

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Anderson Aconsoerde de Freitas | Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 14h41
    0
    0

    Que cela espacial ele vai ter na cadeia de Porto dos Gaúchos? Judiciário de fato desconhece a realidade do sistema prisional.

  • Shomano | Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 14h01
    0
    0

    Põe ele num container sem ar condicionado em frente ao forum, que ninguém vai incomoda-lo. Merece umas 50 chibatadas no lombo por dia.

  • Rubens | Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 10h49
    2
    0

    Se ele nao pagar o advogado ja sabe ne, juiz leva pra sua casa esses judiciário raça infame, e advogado tambem....se virar moda daki uns dias essa cambada tudo vai querer.....acorda judiciario.

  • Vivaldino | Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 09h48
    3
    0

    Deve ter muito argumentos guardados para sua defesa . Só falta alegar que atirou na vítima sentado, porque se negou a levantar.

  • Joaquim Teixeira | Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 09h43
    3
    0

    Homicida em cela especial? Crime de colarinho branco não preso... Esse é o Brasil que eu quero. SQN

  • Aquiles | Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 08h56
    7
    0

    Pqp, cela especial. O fdp já foi jurado, comdenou alguem sabia de ante mão o preço de uma condenação, mesmo assim assassinou o camarada sem chamce alguma, e ainda vai ficar em cela especial, leva logo pra casa juiz.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS