19 de Outubro de 2018,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 18h:00 | Atualizado:

TAPAS COM FORÇA

Professora afoga e ameaça cortar língua de crianças numa creche em MT

Testemunhas confirmaram que denúncia era verdadeira; crianças tinham medo da professora

policiacivil.jpg

 

Uma professora concursada da Prefeitura Municipal de Sorriso (420 km ao Norte), e acusada de maltratar crianças de um berçário público foi indiciada pela Polícia Judiciária Civil pelos crimes de maus tratos e ameaça. O inquérito, instaurado no mês de julho, foi concluído e relatado pelo delegado Nilson André Farias de Oliveira, nesta quinta-feira (09.08).

Os autos serão encaminhados ao Ministério Público para medidas cabíveis na fase processual. As diligências iniciaram após denúncias repassadas à Polícia Civil sobre maus tratos e ameaças (a professora fala que ia corta as línguas das crianças). Foram colhidas provas testemunhais que apontavam a veracidade dos fatos. Em depoimento, vários pais e estagiários ouvidos também confirmaram o ocorrido.

A profissional trabalhava no berçário 01, que atende crianças de seis meses a um ano de idade. Agindo sempre sem paciência e gritando, a professora mandava as auxiliares de sala não dar colo nem carinho aos bebês.

Também foi constatado que as crianças tinham receio dessa professora, a qual afogava os bebês embaixo d'agua. No momento que viam que as crianças não aguentavam mais, eram retiradas da água.

Os relatos ainda revelam tapas com força que faziam as crianças gritarem de dor. Os “corretivos” aplicados pela professora ocorriam em um biombo, para que os outros profissionais não pudessem ver.

Porém, eles relataram que ouviam o que acontecia. Após a denúncia,  a Prefeitura afastou a suspeita do berçário, que foi colocada para trabalhar em outra escola com crianças maiores, a fim de preservar a integridade física dos bebês. “Mesmo achando estranho o comportamento, uma das testemunhas alegou que imaginaria que não passaria dos castigos, até o dia que presenciou a professora impaciente, ao dar banho em um dos bebês. Ela deixou a criança embaixo da torneira, sacudindo, até que começasse a se afogar”, disse o delegado, Nilson André Farias de Oliveira.

Com a conclusão do inquérito policial, a professora foi indiciada pelos crimes de maus tratos e ameaça.

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • Vânia | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 17h36
    3
    1

    Nossa que absurdo transferir esse lixo de pessoa. Tem q por na cadeia e fazer o mesmo q ela fazia com as crianças. Bruxa . . .

  • Gicele | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 11h22
    4
    2

    Pelo que vejo não aconteceu nada com essa criatura do satanás. Depois que o povo faz justiça com a própria mao, aí vem a justiça e lasca com todo mundo.

  • Taina | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 11h05
    4
    1

    Cadê a cara dessa vagabunda que ódio que me da de saber que ainda tem umas praga como essas que judia de crianças se eu pego eu vou presa mais mato uma satanás igual a essa

  • Bolsonaro | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 08h48
    4
    2

    Tem que encontrar quem é está professora e da um casete nela bem dado, neste lixo affs fico imaginando se fosse meu filho cara não sei oque fazoa 😤😤😤😤

  • Nádia | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 08h20
    15
    3

    Não entendi porque essa criminosa não esta presa!!!!!!!!!!! Transferir essa psicopata para outra unidade Escolar???? Como assim??? A Policia só vai prender depois que a bandida MATAR uma criança???? Que País é este meu Deus???????????

  • Aecio never | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 08h02
    6
    3

    Essa professora sofre de esquizofrenia ou uma outra psicopatia. Portanto ela deveria estar internada em uma clinica para o devido tratamento e acompanhamento medico-psiquiatrico... enfim não é caso de policia.!

  • Rosapreta | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 07h36
    1
    3

    No Brasil é assim; um juiz erra, ele é aposentado, um policial mata, ele é transferido para trabalhos administrativos, um professor faz uma barbare dessas e é simplesmente lotado em outra escola... Isso é Brasil... Não acredito melhoras.... Que puder, t que escolher outro país pra viver... Mas onde né? Maioria dos países são praticamented de injustiças. Nossa única esperança é Deus, que ele tenha misericórdia de todos nós.

  • Jefferson rondon | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 02h20
    1
    3

    No minimo tem filho filho menos de 12anos ou ta gravida !a ta.. A lei vale pá Chico e francisco kkkkk , gozacao mesmo, justica de merda juízes de ...

  • Joâo Cuiabano de Nascimento... | Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 02h13
    2
    3

    Isso aí é uma VV vaca vagabunda isso sim e simples assim...

  • Geraldo Novais | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 23h36
    15
    2

    Não tem que ser demitida. Tem que ser acusada e julgada por tentativa de homicídio. Louca varrida. E wuem sabendo de td isso e apenas mudou ela de lugar deve ter crédito/responsabilidade nessa bestialidade.

  • Pablo | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 23h35
    16
    5

    Cadê a polícia que não prendeu por tentativa de homicídio???

  • Silvana | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 23h18
    14
    3

    Tinha que jogar direto na cedeia, essa cadela mal amada, pra fezerem com ela tudo o que ela fazia pra essas crianças e muito mais, não gosta? Não trabalha, da lugar pra quem quer trabalhar e tem amor a profissão, affff, não sei o que faria se fosse com filho meu!

  • Simone | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 22h19
    18
    4

    Foi lotada em outra escola que tem crianças maiores? Nos poupe ! Essa vagaba já deveria estar na cadeia acusada de tentativa de infanticídio! Onde está a justiça neste país?!

  • Andréia | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 21h30
    11
    1

    Peste dos inferno, demônio um lixo desses, merece ficar na cadeia o resto da vida.

  • Diana | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 21h29
    10
    1

    Tô chocada a minha filha era da sala dela nem consigo imaginar o que ela pode ter passado na mão dessa mulher

  • Silvia | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 21h13
    11
    1

    Falem o nome desta pessoa.. E ai transferem de escola.. é demissão.. funcionário público não tem mais estabilidade.. isso é crime

  • Vani | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 21h13
    8
    2

    Fiquei sabendo que ela foi transferida para o capelari.....ai dela se eu receber reclamação de um dos meus netos.

  • Jesiele | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 21h01
    8
    1

    pq não colocam o nome da sujeita na reportagem...😣

  • Daniela | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 20h36
    11
    1

    Meu deus meu filho fica no berçário 2 gente como pode isso.tinha q ser ezonerada de ser professora

  • Cristiane | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 20h33
    12
    1

    Concordo com a Jesefina, teria que demitir esta mulher, se nao tem amor por crianças o que este mostro faz na educacao? Estao esperando ela torturar mais crianças pra demitir ela????

  • ELIZETE | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 20h24
    10
    0

    Alguém tem.q denunciar no ministério público, ela não pode dar aula para ninguém não gosta de crianças,vai deixar ela fazer o mesmo com as outras, safada vagamunda,se meus neto da uma pau e afogava está maldita.

  • Juliana | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 20h21
    15
    1

    Mentira q enviaram ela pra outra escola!! q absurdo, pq não enviaram ela lá pro morro do Alemão? qro ver se lá ela vai ter essa coragem d afogar bbs. Ia morrer queimada essa safada

  • Neide | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 19h53
    10
    0

    Ela e uma débil mental se fizer isso com minha neta e a língua dela que vai cair e uma vaca

  • Ranielly | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 19h50
    10
    0

    bem desgraçada elaa se fosse meu filho ia ate no inferno atrás dela mataria ela sem do vagabunda

  • Ranielly | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 19h50
    8
    1

    bem desgraçada elaa se fosse meu filho ia ate no inferno atrás dela mataria ela sem do vagabunda

  • Valéria Plotez | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 19h40
    16
    0

    Se eu sonhasse que uma professora fizesse isso com um filho meu ou eu presenciasse um fato deste com qualquer criança eu não sei qual seria a minha reação... eu precisaria ser contida

  • JOSEFINA | Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 18h21
    35
    1

    TINHA QUE SER DEMITIDA POR JUSTA CAUSA NÃO ENVIADA PARA OUTRA ESCOLA, VAI CONTINUAR ATERRORIZANDO CRIANÇAS E AMEAÇANDO DA MESMA FORMA. SE FOSSE COMIGO DARIA UMA BELA SURRA