17 de Fevereiro de 2019,

Política

A | A

Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 01h:04 | Atualizado:

CADEIRA NO TCE

Deputado diz ter cumprido missão na AL e garante "ficha limpa"

Maluf lembra que transformou Legislativo num dos mais transparentes do país


Da Redação

janaina-maluf.jpg

 

Candidato à vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) defendeu ter condições de pleitear o cargo. Ele garante não ser “ficha suja” e ressalta que a denúncia que pesa contra si não foi aceita pelo Tribunal de Justiça.

Maluf foi denunciado pelo suposto envolvimento em esquema de desvios de recursos da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), investigado na “Operação Rêmora”. O Tribunal de Justiça ainda se acata a denúncia contra o deputado.

O parlamentar garante que tem o perfil necessário para assumir o cargo, baseado em sua experiência de atuação em quatro mandatos na Assembleia, além de destacar que não responde nada na justiça.  “Não vejo nenhum processo contundente ainda e não vejo nada em julgamento. Só há uma suposta aceitação ou não de um processo. Então nem começou um processo contra mim, não tenho nada julgado. Eu vejo que tenho condições sim, até pela minha experiência administrativa por quatro mandatos, ocupando cargos de gestão para pleitear a vaga do Tribunal de Contas”, declarou o tucano ao programa Resumo do Dia (TV Brasil Peste).

Sobre o rito para indicação do novo conselheiro, Maluf explica que o presidente, deputado Eduardo Botelho (DEM), vai oficializar em breve quando será revelado o nome do escolhido pelo Legislativo. “Quem é responsável é a Mesa Diretora. Então, o presidente Botelho deve anunciar a vacância. Vem acontecendo isso, ele vai colocar os prazos, então não depende muito de mim, depende da Mesa Diretora. É o presidente que comanda este processo para selecionar o conselheiro. Depois que vier os nomes apreciados isso será apreciado por uma sabatina”, assinalou. 

No entanto, questionado se a retirada do seu nome para disputar a nova Mesa Diretora da Assembleia foi intencional ou acordada para ser o indicado no TCE, ele garante que não. Ainda lembra que a vaga estava sob liminar, sendo assim, não teria possibilidade de negociar. 

Depois que o ex-conselheiro Humberto Bosaipo renunciou ao cargo, a vaga que estava disponível foi travada por determinação judicial. Nos últimos dias, o ministro Luiz Fux liberou a vaga para que o Legislativo indique alguém ao cargo. “Essa negociação não aconteceu até porque a vaga estava judicializada. Então, até me surpreendeu a vaga ter saído agora. Eu achava que iria sair bem mais tarde. Então, não fui eu que liberei a vaga e não teve nenhum acordo neste sentido”, pondera. 

Maluf também aponta que ficou fora da disputa da Mesa que teve Botelho eleito como novo presidente e Max Russi (PSB) como primeiro-secretário por problemas pessoais. Contudo, revela que teve missão cumprida no legislativo durante período em que atuou no comando da Casa. “Fiquei fora da Mesa Diretora primeiro porque eu tive problemas de saúde e por entender também que eu já cumpri minha missão na frente da Assembleia como presidente e primeiro secretário pegando a Assembleia em último em transparência e transformando a Assembleia em sexta melhor transparência do País, trazendo inovações. A minha opção de ficar fora não tem nada haver com a disputa, até porque vão vir outros deputados interessados também nesta vaga do Tribunal de Contas”, disse.

 

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Indignado | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 10h15
    1
    0

    E os processos do hospital, hein?

  • Maluqut | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 10h12
    1
    0

    Kkkkkkkkk kkkkkkkkkk. ..........

  • Otacílio | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 10h02
    1
    0

    Ficha limpa? Que piada, senhor deputado.

  • dito garrote | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 09h13
    11
    1

    se puleiro de pato for limpo Guilherme maluf, botelho, Gilmar fabris é ficha limpa.

  • Juca Curimba | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 09h07
    9
    0

    Só pode ser piada? Não está sendo investigado em nada? Tem certeza? Mostra uma certidão negativa do poder judiciário e outra de antecedentes criminais, igual aquelas que um concursado tem que apresentar no concurso público antes da nomeação.

  • Antunes Silva | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h57
    6
    1

    Tanta experiencia que ele tem que o hospital dele tá endividado ateé o pescoço; Funcionários vivem fazendo greve pq não recebem em dia. Trocentos processos trabalhistas. Maluf no TCE será o verdadeiro AliBaba com os outros ladroes que lá estão.

  • thiago nogueira | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h50
    6
    0

    funcionários de órgãos fiscalizadores não devem ser ex-políticos, devem ser concursados sem nenhuma ligação com políticos, pois assim não ficariam com rabo preso, e podem fazer seu papel sem nenhuma influencia.

  • João da Costa | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h39
    3
    1

    Quem mente é o MPE, o GAECO e as testemunhas, esses sim deveriam ser punidos juntamente com os cidadões que pagam a conta.

  • servidora | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h33
    5
    1

    Se realmente essa delação do Perminio for séria , esse deputado pode começar a tirar a idéia da cabeça e começar a movimentar seus advogados que a cadeia o espera. Ele sem duvida com Pedro Taques lideraram esse esquema na Seduc...qualquer um no governo passado sabia que a Seduc foi entregue de porteira fechada para o Maluff e seu partido..era Ele quem mandava e desmandava por lá , tanto que seu Primo Bandido quem era o operacional...ai o cara ajuda a chefiar uma quadrilha e hoje vem com a cara de pau dizer que quer ser conselheiro do TCE, não que eu deposite alguma credibilidade em cima desse orgão , mas todos sabemos que o que atrai esses abutres à vaga é o alto salario , mordomias , auxilios e principalmente colocar a faca no pescoço das prefeituras por conta da aprovações de suas contas anuais...resumindo , esses caras estão é pensando sem seus bolsos...cara de pau.

  • alexandre | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h20
    1
    0

    sei.....não temos como se orgulhar...muito escândalo...

  • lu | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 07h43
    2
    1

    kkkkkkkkkkkkk o negócio é rir pra não chorar depois da declaração deste deputado....

  • Carla Maria | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 07h21
    2
    1

    Perfil necessário para ocupar o cargo de Conselheiro do TCE? Conta outra Maluf.... Melhor candidato de conduta ilibada..ficha limpa..de conhecimento impecável. Mestre em Direito Público.tem nome Prof. Eduardo Calmon...

  • Marià | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 07h16
    3
    1

    Será??? O nome dele é limpo igual um galinheiro ...

  • Esperando o dia | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 06h53
    3
    1

    Sinceramente, podia pelo menos ficar calado ne ? Ta de acordo com os outros dep ? Ja pagou os que cobraram ? Mas por favorrrrrr , nos preserve d ler isto, vc esta nas delacoes ate do seu primo, vc vai ser preso logo , podia pelo menos calar esta podre boca

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS