20 de Junho de 2018,

Política

A | A

Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h:28 | Atualizado:

OPERAÇÃO BERERÉ

Deputado é suspeito de usar conta de ex-assessor para receber R$ 100 mil em MT

Após receber dinheiro, agricultor pagou contas pessoais de José Domingos Fraga


Da Redação

zodomingos.jpg

 

O deputado estadual José Domingos Fraga (PSD) é suspeito de receber R$ 100 mil do empresário Claudemir Pereira "Grilo", um dos sócios da Santos Treinamento, empresa que estaria por trás do esquema de lavagem de dinheiro e desvios de recursos no Detran investigados na "Operação Bereré". O dinheiro teria sido destinado primeiramente a um ex-assessor de Fraga, Jorge Batista da Graça, que depois pagou contas pessoais do parlamentar.

As informações são de um depoimento de Jorge Batista ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco). O ex-assessor, que hoje é agricultor, disse que foi convidado para trabalhar junto ao deputado estadual após colaborar na campanha de Fraga em 2014.

Ele afirma que acabou se transformando num “homem de confiança” do parlamentar. “Tempos depois virei homem de confiança do deputado José Domingos, acompanhando o deputado em suas viagens no interior do Estado e responsável pela administração de todos os gastos e despesas do deputado”, diz trecho de seu depoimento.

Os R$ 100 mil teriam sido pagos por meio de um cheque, emitido pelo próprio Claudemir Pereira, e uma transferência bancária, ambos de R$ 50 mil. Os valores foram depositados na conta bancária de Jorge Batista da Graça.

Segundo o depoimento, o valor transferido para a conta bancária do ex-assessor seria utilizado para o pagamento de boletos de José Domingos Fraga. “Esse dinheiro foi utilizado para o pagamento de contas e boletos do deputado José Domingos, que nunca comentou o motivo desses valores serem creditados em sua conta bancária”, disse o ex-assessor.

BERERÉ

Deflagrada no dia 19 de fevereiro de 2018, a operação Bereré, do Ministério Público Estadual e da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e contra a Administração Pública (Defaz-MT), desbaratou uma quadrilha que lavava dinheiro e desviava recursos públicos por meio de empresas que prestam serviços ao Detran-MT. O bando agia desde 2009 e teria desviado em torno de R$ 1 milhão por mês.

Os principais alvos da operação são os deputados estaduais Eduardo Botelho e Mauro Savi, ambos do PSB, além do ex-deputado federal Pedro Henry. As investigações tem como base os depoimentos de colaboração premiada do ex-presidente do Detran-MT, Teodoro Lopes, o “Doia”, além do empresário Rafael Yamada Torres, outro delator do esquema.

Segundo as investigações, a Santos Treinamento e Capacitação é uma empresa fantasma que já teve entre seus sócios o presidente da AL-MT, Eduardo Botelho (PSB). A organização recebia recursos desviados da FDL Serviço de Registro, Cadastro, Informatização e Certificação de Documentos, que realiza junto ao Detran-MT o registro de financiamentos de veículos em alienação fiduciária.

Um dia depois da deflagração da operação, em 20 de fevereiro, Eduardo Botelho admitiu que conhecia a fraude e se disse “arrependido” de não ter deixado o quadro societário assim que soube do esquema, em 2011.

O desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), José Zuquim Nogueira, determinou no dia 16 de fevereiro de 2018 o sequestro de R$27.722.877,38 de 17 pessoas, entre físicas e jurídicas, envolvidas no esquema de lavagem e desvio de dinheiro no Detran de Mato Grosso. De acordo com o despacho do magistrado, o recurso era “desviado” do órgão para “retirar-lhe a sujeira que cobre a sua origem”. Entre as pessoas atingidas pela medida estão os deputados estaduais Eduardo Botelho, Mauro Savi, o ex-deputado federal Pedro Henry, além de sócios e lobistas que participaram do esquema. 

zedomingos.jpg

 

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Adolf Hitler | Quarta-Feira, 14 de Março de 2018, 14h05
    1
    0

    Esse deputado José Domingos é um bóbó cheira cheira. e aquele pó mágico que acharam no cofre da casa dele. a polícia Federal não falou para a população de Matogrosso se era mesmo o pó mágico.

  • Milton Ribeiro | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 21h42
    0
    2

    Jean, você só pode estar fazendo piada! Ou está servidor, mamando nas tetas, em um cargo de confiança ? Chega a ser ridículo você afirmar que os grampos e a quadrilha da SEDUC é coisa do governo passado. Chega dar náuseas esse bando de ladroes, em todos os governos, teve esse roubo, e nesse não é diferente, além dessa quadrilha é mentiroso!

  • Luiz Vigilante | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 21h30
    1
    0

    Quantas fazendas esse corrupto tem em Nobres? Vai lá pra ver.

  • PANTANAL | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 19h25
    1
    0

    nao votem em NENHUM P RELECAO VAMOS MUDAR TUDO TIRAR TODOS // VAMOS PREDER TODOS ESSES LADORES NAO VOTEM OK DIGAM PRA SUA FAMILIA PARA OS AMIGO PRA TODOS VAMOS VATAR APENAS NOS NOVOS OK

  • edson | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 18h01
    6
    2

    esse ze domingos e um grande corrupto junto com botelho ,bobo cheira cheira ,e o pó magico que encontraram na casa da ex mulher dele.o pó é magico mesmo.

  • antunes Silva | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 17h35
    8
    1

    esse Bosta não tem mais rabo pra por tanto dinheiro e ainda rouba. CADEIA LADRÃO

  • De sorriso | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 17h22
    8
    0

    Esse cidadão só tem cara de besta, enganou muita gente durante muito tempo, mas aqui se faz, aqui se paga. Tu vai preso, logo-logo.

  • Itamar | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 17h06
    13
    3

    O Governador Pedro Taques não aceitou indicar esse deputado para o Tribunal de Contas, então ele se apossou de uma ferramenta e partiu para o ataque contra o governador. Não só isso: O irmão dele, presidente da AMM, Neurilan Fraga, ataca o governador 24 horas por dia, por não haver indicado o maninho pro TC.

  • Jean | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h59
    7
    5

    Essas viúvas do Silval acham que o povo é besta? Querendo colocar na conta do governo Taques esse escândalo do DETRAN?? Isso aí vem desde o governo Maggi, senhores e só agora as investigações andaram. SEDUC? Coisa antiga. Não atingiu o governo ou o governador. Quanto aos grampos, tá claro de onde veio e certamente não foi do governador. Chorem, viúvas. Não tem o que fazer, depois que deixaram as tetas do governo do PMDB (atual MDB) e agora passam o dia postando mentiras nas matérias postadas. Vão procurar o que fazer antes que a lama cheguem em seus quintais.

  • Ex-eleitor do Taques | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h36
    3
    7

    Olha pelo que andar da carruagem com tantos escândalos, tais como : SEDUC, FUNDEB, grampos ilegais , Detran e ETC. Após a derrota de Pedro Taques e os deputados de sua base o CCC faltará vaga...Governador ainda há tempo de ampliar o local e climatizar veja que o Ex- Governador reclamou muito do calor durante os quais dois anos que lá passou....Chega logo 2019......Taques nunca mais....

  • said joseph | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h32
    12
    1

    Zé Domingos é um dos maiores corruptos do parlamento mato-grossense, envergonha a todos nós cidadãos de bem.

  • DORNELAS2 | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h30
    6
    0

    POVO DE SORRISO VCS SABEM OS DEPUTADOS QUE TEM AI NA SUA REGIÃO, ABRAM OS OLHOS ESTE ANO E NÃO VOTEM NESTES SEUS REPRESENTANTES QUE ASSALTAM OS COFRES PUBLICOS TEM NOMES BONS AINDA AI QUE NÃO TEM FICHA SUJA ( BOM POR ENQUANTO NÉ NÃO ESTÃO NA ASSEMBLEIA AINDA ) KKKKKKKKK NÃO A ESTE DEPUSTADOS DE SORRISO......

  • Aroldo Nunes | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h28
    10
    0

    E o mala queria ser membro do tribunal de contas.

  • neto | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 16h19
    8
    0

    conduta ilibada para ser conselheiro do tce......kkkkkkkkkk

  • Analista Politico | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h58
    13
    1

    Ano que vem, depois de perder a imunidade parlamentar será um dos primeiros a ser preso. E a mega fazenda em Bom Jardim, cidade de Nobres está no nome de quem? Com que dinheiro comprou aqui la?

  • Edmilson Rosa | Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h35
    13
    0

    Deputado sai na frente e entrega todos deputados colecagas de vc (numa delação premiada) ai vc nao vai preso.

Loading...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS