15 de Dezembro de 2018,

Política

A | A

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 19h:45 | Atualizado:

SEGUNDO TURNO

Em vídeo com bancada, Bolsonaro pede para aumentar votos em MT

No 1º turno, candidato recebeu mais de 60% dos votos no Estado


Da Redação

bolsonaro-mt.jpg

 

O candidato Jair Bolsonaro (PSL), líder nas intenções de voto à Presidência da República, gravou um vídeo nesta tarde de quarta-feira (10) com boa parte da bancada federal de Mato Grosso, onde agradeceu aos eleitores do Estado os expressivos 60% de votos conquistados no primeiro turno das eleições e pediu apoio para a vitória no segundo turno, dia 28. O encontro ocorreu na residência do presidenciável, na Barra da Tijuca (RJ).

Ele está impedido de participar de atos de campanha nas ruas, já que ainda se recupera de uma facada recebida no início de setembro em ato no interior de Minhas Gerais. “Obrigado pela votação expressiva que tivemos. Obrigado carinho, pelo apoio e pelo entusiasmo. Vamos mais que repetir e vamos aumentar a votação no 2º turno”, conclamou o presidenciável.

Estavam presentes no vídeo os deputados federais Fábio Garcia (DEM), Victório Galli (PSL) e Adilton Sachetti (PRB), e o senador em exercício Cidinho Santos (PR). Nenhum deles voltará ao Congresso Nacional ao final deste mandato. 

Um dos mais empolgados lado de Bolsonaro era Victório Galli (PSL), derrotado na busca pela reeleição. “Mato Grosso inteiro é 17”, assinalou.

Em Mato Grosso, o presidenciável venceu em 126 dos 141 municípios, recebendo 981.119 votos, o que representa 60,04% do total. Durante o primeiro turno, o presidenciável conseguiu apoio dos principais políticos do Estado que, em boa parte, chegaram a trair os presidenciáveis de seus partidos para registrar o voto em favor de Bolsonaro.

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) já declarou voto no presidenciável e deve participar da campanha no segundo turno. O senador José Medeiros (PODE), eleito deputado federal, participa da campanha em nível nacional e faz parte do chamado “núcleo duro” de Bolsonaro.

Assim que o 2º turno entre ele e o petista Fernando Haddad foi oficializado, políticos que ainda não tinham declarado publicamente a simpatia por Bolsonaro, anunciaram o apoio por sua vitória no segundo turno, em nome do antipetismo e combate a políticas que tenham viés mais à esquerda.

Se disputando com outros 12 candidatos à presidência, Jair Bolsonaro conseguiu ultrapassar a marca dos 60% no Estado, agora, no segundo turno, ele deve crescer ainda mais. Isso porque, historicamente, Mato Grosso não tem simpatia pelas bandeiras do PT e é um dos Estados, onde o partido sempre foi derrotado.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Sérgio rezende | Quinta-Feira, 11 de Outubro de 2018, 11h21
    1
    0

    O GALLI RECEBEU O PRÊMIO DEVIDO NESSAS ELEIÇÕES A JUÍZA SELMA MOSTROU PRA ELE NAS URNAS TCHAU OBRIGADO TUDO QUE ESSE MICKEY PLANTOU VAI COLHER

  • Gregório | Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 21h37
    12
    7

    Na minha família somos 5 votos, mas só 3 votaram nesta eleição, por motivos particulares outros 2 não puderam votar, mas conserteza farei de tudo pra outros 2 votarem no segundo turno, e adivinha quem é?? Bolsonaro é claro!

  • Schinaider Jr. | Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 21h11
    13
    10

    Sou filiado ao DEM, e dia 3/10 recebi um wat-zap do nosso Lider ex-Governador Julio José de Campos, Secretário Geral do Partido, pedindo que deveriamos votar ja´no BOLSONARO 17 para Presidente do Brasil, e nós deveriamos retransmitir essa orientação do DEM-MT, para todos nos aqui de SINOP e região. Oque fiz na hora, em todos os grupos que participo. VAMOSJUNTOS

  • Patriota | Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 20h23
    16
    9

    Já tem o meu voto garantido !!! #Fora_PT #ELE_SIM #PT_NÃO !!!

  • Marià | Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 20h23
    9
    8

    Democracia é o regime político em que a soberania é exercida pelo povo.Agora vem esses Seres querendo aparecer.Vao trabalhar

  • B17 | Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018, 20h08
    14
    4

    Eu estou empenhado em conseguir mais 2 votos de eleitores que se abstiveram.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS