13 de Dezembro de 2018,

Política

A | A

Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 21h:15 | Atualizado:

R$ 1 BI E DELAÇÃO

Gravado, deputado chama Silval de Midas e cita "risada na cara do povo" de MT

Deputado sugere que setor mineral seja tributado no Estado


Da Redação

wagner-silval.jpg

 

Durante sua gestão à frente do Estado, o ex-governador Silval Barbosa (sem partido) também atuou para conseguir licenciamentos para a exploração de minérios e criação de garimpos, inclusive para si mesmo. A acusação é do deputado estadual Wagner Ramos (PSD) durante sessão matutina desta quinta-feira (6), que criticava a falta de taxação ao setor garimpeiro em Mato Grosso.

De acordo com o parlamentar, Silval é um dos grandes mineradores do Estado se transformando num Midas. “O Governo passado deu concessão para tudo e qualquer [pessoa], inclusive ele [Silval Barbosa]. O ex-governador do Estado de Mato Grosso, Silval Barbosa, é um dos grandes produtores de ouro desse Estado. Roubou esse Estado, acabou com o Estado de Mato Grosso e ainda está rico, está milionário. Daqui a alguns dias, vai sair da cadeira, da prisão domiciliar, para sorrir na cara do povo de Mato Grosso. É só procurar quantas mineradoras ele tem, como governador do Estado que ele foi. Saiu requerendo tudo. Fizemos a fiscalização e encaminhamos na Assembleia Legislativa aqui, sumiu, desapareceu, não vingou”, acusou.

Além de citar Silval Barbosa, o deputado ainda criticou a política de Mato Grosso acerca do setor minerador, citando que, mesmo sendo um dos Estados que mais produz ouro e diamante em todo o país, não possui uma grama do primeiro ou uma pedra do segundo, e que é preciso criar o Tesouro de Mato Grosso, com pedras preciosas. “Mato Grosso é um grande produtor de diamante e de ouro e o Estado de Mato Grosso não tem, sequer, uma grama de ouro ou um diamante de três pontos, o chamado “chibiuzinho”, para poder mostrar sua potencialidade. Então, nós temos que criar o Tesouro de Mato Grosso e cobrar das mineradoras que exportam para outros países o nosso produto de Mato Grosso. Seria necessário que, de repente, essas mineradoras possam dar uma porcentagem em produto ao Estado de Mato Grosso, para que nós pudéssemos, um dia, criar o Tesouro de Mato Grosso”, idealizou.

Ainda segundo o deputado, as áreas ricas em minério já estão cedidas às grandes nações, por meio de leis aprovadas pelo Congresso Nacional. Wagner também afirmou que tais nações descobrem as riquezas do solo brasileiro por meio de satélite.

RIVALIDADE

Fora todo o contexto político, é natural que Wagner Ramos tenha aversão ao ex-governador. Em agosto do ano passado, se tornou pública a filmagem feita pelo filho de Silval Barbosa, o médico Rodrigo Barbosa, na qual o deputado é flagrado pedindo propina para aprovar as contas de Governo do ano de 2014, último ano da gestão de Silval.

Na época, Wagner foi o relator das contas e emitiu parecer pela aprovação. O plenário da Assembleia Legislativa aprovou as contas por 10 votos a 7 em setembro de 2015.

O deputado teria recebido o valor de R$ 250 mil pelo relatório favorável à aprovação das contas. Além deste ponto, Wagner também teria cobrado o montante de R$ 10 milhões para não responsabilizar Silval Barbosa nas falhas encontradas durante fiscalização nas obras da Copa

Em negociação, os dois teriam chegado ao valor de R$ 7 milhões, mas não teriam chegado a ser efetuado. Neste ano, Wagner Ramos foi candidato a reeleição e não conseguiu a vitória.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Gustavo | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 10h36
    3
    0

    deputadinho nao cospe no prato a mas ta brabinho com a filmagem sem moral e ainda derotado kkkkk

  • Inocentedetudo | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 10h14
    3
    0

    Sujo, falando do mal lavado.

  • mauricio | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 09h28
    3
    0

    Deputado de merda, perdeu a eleição e agora ta com ressentimento de todos. W Ramos roubou tanto e agora ta saindo da politica com uma mao na frente e uma atras. A partir de janeiro nao é mais nada. Nem Tangara da serra votou nesse inseto.

  • Said Joseph | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h29
    14
    0

    A fala de um Deputado derrotado é uma merda. Cheia de ressentimentos, inveja e fracassos. Enfim, nesse caso é um ladrão acusando o outro. Os dois canalhas se merecem. Os dois deveriam morrer bem abraçados, um com o outro.

  • Preto veio | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h14
    9
    0

    Esse deputado nunca fez nada de bom p MT so legislou em causa própria ou seja encher os bolsos agora aos 45 do segundo tempo vem com proposta de taxação, abre o olho p q se o Sinval abrir a boca de novo você estará no CCC Lembre se que você tomou no Fiofo

  • Preto veio | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h03
    8
    0

    Esse deputado nunca fez nada de bom p MT so legislou em causa própria ou seja encher os bolsos agora aos 45 do segundo tempo vem com proposta de taxação, abre o olho p q se o Sinval abrir a boca de novo você estará no CCC Lembre se que você tomou no Fiofo

  • Preto veio | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h03
    7
    0

    Esse deputado nunca fez nada de bom p MT so legislou em causa própria ou seja encher os bolsos agora aos 45 do segundo tempo vem com proposta de taxação, abre o olho p q se o Sinval abrir a boca de novo você estará no CCC Lembre se que você tomou no Fiofo

  • Dias | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 07h59
    7
    0

    É verdade o que a cala boca magda falou 👆🏽. Esse ta na sodoma e jogaram din que ele recebeu para lombo de terceiros mas a verdade ta pronta!! Muita cara de pau

  • Marcos | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 06h17
    9
    0

    É fato, tiram ouro e diamante e deixam a área degradada. Tem que tributar sim e a Sema tem que fiscalizar as áreas.

  • DêOlho | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 05h30
    5
    0

    Não é só a política que enriquece, mas também a Justiça e órgãos alinhados a ela. Ramos já foi garimpeiro conhece os meandros desse segmento. Mas não fala com propriedade, o Estado de Mato Grosso não produz nem ouro e nem diamantes, essas duas riquezas são exploradas do Estado. Agora é verdade que os estrangeiros saqueiam esses produtos sem intervenção do governo federal. Todos sabem quantas toneladas de grãos foram produzidos por ano, quantas cabeças de gado existem no país, quantos foram exportados... Mas de ouro e diamante ninguém sabe.

  • Rifa | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 05h24
    6
    0

    Wagner ramos caloteiro bem feito que perdeu

  • Cala a boca magda | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 22h39
    17
    3

    Este ai que se cuide ; se Silval, Riva, Sergio Ricardo e Mauro Savi abrie a boca ele ta preso ! Bandidinho de quint

  • Servidor Público | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 21h38
    24
    11

    Silva Barbosa: melhor governador de Mato Grosso. Não tem Pedro Taques e nem Mauro Mendes. Salários todo dia 30 de cada mês, RGA e aumento para o funcionamento público.👏👏👏

  • Ainda há tempo de se arrepender | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 21h26
    7
    10

    A verdade é uma só. A política hinrequeceu muitos políticos em mt. O que devemos fazer é acreditar na justiça .ministério público. Juízes e desembargadores

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS