22 de Março de 2019,

Política

A | A

Sexta-Feira, 11 de Janeiro de 2019, 21h:00 | Atualizado:

Líder temporário, Dal Bosco pede celeridade a deputados


Gazeta Digital

Visando celeridade na aprovação do pacote de projetos encaminhadas à Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (10), o governador Mauro Mendes (DEM) decidiu intensificar as negociações com deputados, servidores públicos, Poderes e representantes do agronegócio, todos atingidos diretamente pelas propostas apresentadas.  

Deputado estadual, Dilmar Dal Bosco (DEM) foi nomeado líder temporário do governo para encabeçar as articulações dentro do Parlamento. Entre as primeiras medidas adotadas por ele esteve o pedido de dispensa de pauta para votação das mensagens. Com isso, parte do trâmite legislativo é suprimido e a votação pode ocorrer antes do previsto.  "O governador foi muito sincero e abriu o caixa para provar que essas medidas são fundamentais para que o Estado não entre em um colapso financeiro”, argumentou o democrata.   

Secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho também deve participar das negociações com os deputados, o que o fará presença constante no Legislativo. “A Casa Civil vai trabalhar bastante para a Assembleia dar celeridade nesses encaminhamentos”, antecipou.   

Entre os assuntos mais delicados com quais Carvalho deve ter que lidar está a redução do duodécimo do Parlamento e do Tribunal de Contas e o congelamento do que é destinado ao Tribunal de Justiça, ao Ministério Público e à Defensoria. Parte dessas instituições pleiteava aumento de 10% nos repasses e o valor a menos não foi bem recebido pelo presidente da AL, Eduardo Botelho (DEM).    

Apesar de os assuntos serem delicados, Carvalho acredita que tudo deve ser aprovado até o fim desta legislatura, ou seja, até o dia 31 de janeiro. “Nós estamos com um problema no caixa. O governador acabou de falar que nós estamos deixando de arrecadar R$ 50 milhões com a situação financeira em que estamos. Nossa pressa é aprovar tudo isso”, enfatizou

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS