20 de Março de 2019,

Política

A | A

Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 19h:34 | Atualizado:

CACHIMBO DA PAZ

Mesmo sem ganhar cargos, MDB decide continuar na base de Mauro Mendes

Partido ainda terá o deputado Romoaldo Junior como vice-líder do Governo na AL

mauro-mdb2.jpg

 

A deputada estadual Janaína Riva (MDB) confirmou o que muitos já esperavam: os quatro parlamentares estaduais da sigla na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT) irão fazer parte da base aliada do governador Mauro Mendes (DEM). O anúncio foi feito após uma reunião entre membros do diretório estadual do MDB com o chefe do Poder Executivo Estadual, no Palácio Paiaguás, nesta quinta-feira (14).

“Os 4 deputados do Partido já se colocaram a disposição para fazer parte da base do Governo. O Governo entende as peculiaridades do Partido, essa questão dos servidores, e respeita isso. O partido quer ajudar realmente a construir um Estado diferente e ajudar Mato Grosso a sair desse lamaçal, essa crise que entrou”, disse ela.

Estavam presentes na reunião os deputados estaduais Romoaldo Júnior, Thiago Silva, Dr. João e a própria Janaína Riva. Todos eles irão agora apoiar os projetos do Executivo nas votações do Legislativo. Os deputados federais pelo MDB Valtenir Pereira, e Carlos Bezerra, também estiveram no encontro.

A notícia mais chocante da noite, porém, não é a oficialização do ingresso do MDB na base aliada do governador Mauro Mendes no Poder Legislativo: surpreendentemente, Janaína Riva disse que, durante a reunião, “sequer foi discutido qualquer indicação de cargo”. Atualmente, o MDB tem apenas o ex-deputado estadual Silvano Amaral, atual secretário de Agricultura Familiar, como  indicado no 1º escalão.

“Sequer foi discutido qualquer indicação de cargo [...] No passado cargo não adiantou praticamente de nada. Aqueles políticos antigos que a gente tinha na Assembleia, que tinham um monte de cargo no governo Pedro Taques, praticamente todos perderam a eleição”, analisou.

Janaína Riva também declarou que há uma “afinidade” entre a sigla e a gestão Mauro Mendes. Segundo ela, o governador convidou o deputado estadual Romoaldo Júnior para ser o vice-líder do Governo.

“Existe uma afinidade com o Governo. O nosso amigo e colega Romoaldo Junior foi convidado para ser vice-líder do Governo. Acho que isso vai melhorar muito a interlocução e o diálogo do Partido com o governador [...] A gente tá construindo uma relação de confiança”, garantiu ela.

A liderança da gestão Mauro Mendes na AL-MT é exercida hoje pelo deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM). Dos 24 parlamentares do Legislativo de Mato Grosso, apenas 3 se declararam como oposição a atual gestão do Poder Executivo: Lúdio Cabral e Valdir Barranco (ambos do PT) e Wilson Santos (PSDB).    

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Celso | Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 22h48
    4
    0

    E qual a novidade para partido mais filológico de todos? O PMDB sempre foi uma frente partidária, só chegou ao poder com a morte de Tancredo e com o golpe contra a Dilma. Essa história de cargos é conversa pra boi dormir. O grupo é grande e vive de cargo no estado, e no país, há muito tempo, e todo grupinho está bem e obrigado...

  • Antônio | Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 20h44
    4
    0

    Não ganha cargo mas ganha por fora...

  • Rogério | Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 20h15
    4
    0

    Não tem cargos, mas tem mensalinho????

  • Juliano | Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 19h43
    4
    0

    SILVANO GANHOU SECRETARIA ROMUALDO ASSUMIL A VAGA NA ALMT VCS SAO BURROS E OTARIO

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS