19 de Setembro de 2018,

Política

A | A

Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 22h:30 | Atualizado:

SETOR PROBLEMÁTICO

Taques admite falhas na Saúde e promete voltar autonomia financeira em MT

Secretário cutuca operação do MPE e diz que não aceitará mexer com sua honra

taques-luizsoares.jpg

 

O compromisso do governador Pedro Taques (PSDB) com o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) garantiu o apoio de servidores da Secretaria Estadual de Saúde ao tucano. Um grande ato de apoio à reeleição de Taques reuniu mais de 500 pessoas nesta quarta-feira (12.09).

Taques admitiu que a saúde em Mato Grosso ainda não está satisfatória e é preciso avançar muito. No entanto, destacou que a Secretaria de Saúde está organizada, pois passou por restruturação na área administrativa e nos processos de aquisições. “Organizamos estruturalmente a saúde. Sei que ainda não está perfeito, mas estamos no caminho certo. Aprovamos o Fundo da Saúde e vamos resgatar a autonomia financeira da secretaria. E foi com a ajuda dos servidores que fizemos tudo isso e vamos fazer mais”, disse o governador.

Durante a gestão Taques os processos de controle e avaliação dos sistemas e serviços de saúde foram estabelecidos. Outros destaques foram a implantação dos SISREG (Sistema de Regulação) em todos os municípios, a retomada da gestão da assistência farmacêutica e a implantação do sistema informatizado público (Horus). O governador lembrou e agradeceu ainda pelos esforços feitos pela secretaria que possibilitaram abrir mais de 200 leitos de UTIs e ainda o aumento dos repasses para os municípios.

Os hospitais regionais de Sinop e Rondonópolis também estão em revitalização. “Eu tenho orgulho da Secretaria de Estado de Saúde, quero agradecer a presença de todos aqui e dizer a quem trabalha no SUS que eu preciso do apoio de vocês para continuar com esse trabalho. As mudanças precisam continuar. O secretário de saúde Luiz Soares está contribuindo com essa mudança, precisamos avançar”, discursou o governador.

Durante o evento, Luiz Soares aproveitou para fazer uma defesa da Caravana da Transformação, programa da gestão Taques que já realizou quase 70 mil cirurgias oftalmológicas em todo o Estado. “Somos fortes, vamos seguir em frente, queremos ver o SUS avançando em Mato Grosso. Vamos continuar a fazer o nosso papel. Não mexam com a honra de quem trabalha a favor do povo, quem tem compromisso com a sociedade”, afirmou.

A servidora da saúde, Daniela Leal, disse que Pedro Taques vem fazendo um grande trabalho no SUS. “Estamos vendo o que está acontecendo, nós que estamos no SUS gostaríamos muito que ele continuasse com esse trabalho, juntamente com o Luiz Soares e os outros trabalhadores do SUS”, comentou.

A gestão Pedro Taques também está fazendo o apoio financeiro a 15 Consórcios de Saúde nos serviços de média complexidade. Estabeleceu e fortaleceu a parceria em quatro regiões com apoio financeiro aos hospitais gerenciados pelo CIS (Água Boa, Peixoto de Azevedo, Barra do Bugres, São Félix do Araguaia), fortalecendo a relação de cooperação com os municípios na efetivação do SUS.

Também firmou cooperação técnica com os municípios em 16 regiões de saúde por meio dos Escritórios Regionais de Saúde para efetivar as ações de vigilância, sistemas de informações, controle e avaliação, gestão bipartite, regulação, auditoria, etc. E desenvolveu o sistema Indica SUS e de vigilância sanitária para apoiar municípios e regiões de saúde na gestão da informação.

 

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • nilton | Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 11h18
    0
    0

    aaaah então os servidores estão amando o Taxis? nossa. Pensei que não aceitavam mais ele não estranho

  • VANIA | Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 09h11
    6
    0

    GOSTARIA DE SABER QUAL É DESSE SECRETÁRIO? ENTROU NA SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO, TENDO COMO PADRINHO O JAIME CAMPOS. AGORA FICA DEFENDENDO O GOVERNADOR. ESSE SECRETÁRIO E TODA CORJA DE ADJUNTOS QUE ELE LEVOU PARA A SES, SÃO TODOS HIPÓCRITAS, VIVEM DEFENDENDO O SUS. PERGUNTA PARA ELES SE ELES OU A FAMILIA VÃO SER ATENDIDOS NA UPA, PRONTO SOCORRO, E FICAM EM FILA DE ESPER E OUTRA. SO PAGAM O QUE QUEREM . VEJAM, A QUESTÃO DOS HOSPITAIS. TEM UM HOSPITAL (SINOP) QUE NÃO FICA SEM RECEBER., PORQUE SERA??? CADE O MP?? FORA LUIZ SOARES. E ADJUNTOS. E O SENHOR ASSESSOR DIRETO QUE SE ACHA A ULTIMA BOLAHCA DO PACOTE DE TANTA ARROGANCIA.

  • Chico Butija | Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 08h01
    12
    2

    Esse secretário é sem condições, isso é o que acaba com oTaques, as pessoas que o cercam ....

  • pedro vacilão | Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 07h34
    12
    2

    de quebra esse infeliz cortou a insalubridade dos servidores, infelizmente esse traste manda e desmanda, sob a guarda dessa justiça medíocre que só que viver de auxílios, chega de impunidades. nós o povo de mato grosso daremos uma sentença em outubro, culpado pelas desgraças no estado.....

  • jonas | Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 06h57
    10
    3

    Não adianta mais tapar o sol com a peneira, toda a população está vendo descaso com a saúde, hospitais com dificuldade, divida com fornecedores, repeces atrasado, funcionários recebendo atrasado, doentes amontoados nos hospitais, ainda quer mai 4 anos de continuidade, é só mesmo na sua cabeça que cabe essa enganação!

  • Maria | Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 06h53
    11
    5

    Servidor que apoia Taques, só pode ser comissionado, servidor de carreira nunca falaria isso.

  • Ex-eleitor do Taques | Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 04h39
    10
    3

    ESTE SUJEITO DEVERIA MOSTRAR ALGUMA COISA NESTA GESTÃO PÍFIA QUE ESTEJA BEM....GOVERNADOR ESQUECE NINGUÉM SUPORTA MAIS ESSA SUA CONVERSINHA E TE ACONSELHO A NÃO PERDER MAIS SALIVA FALANDO PORQUE NINGUEM QUER NEM TE OUVIR....GOVERNADOR VAI LIMPANDO AS GAVETAS PORQUE 31.12.2018 ESTA BEM AI...AH....SUGIRA AOS SEUS CÚMPLICES QUE FAÇA O MESMO...

  • Jair | Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 23h45
    23
    4

    Esse governo não valorizou os servidores da Saúde, foi maior perseguidor dos servidores da Saúde, exemplo no atraso do pagamento ocorrido esse mês, enquanto todos os servidores das outras secretarias já havia recebidos, nós fomos os últimos a receber, e aí enquanto as outras secretarias trabalha com horário reduzido, nós da Secretaria da Saúde trabalhamos com expediente normal, é pura sacanagem conosco.

  • vando | Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 23h45
    26
    3

    vagabundo faz essa promessa para sua mãe, porque para o povo você fede mais que teses de galunha.

  • Hélio | Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 22h54
    7
    16

    Só a imprensa de Mato Grosso não sabe que a saúde é um caos em todo Brasil. Já tem mais de década que não reajusta a tabela SUS, os governos estaduais e municipais é quem paga mais de 50% do atendimento médico. Como seria diferente em Mato Grosso? Isso aqui é a ILHA DA FANTASIA, só porque somos campeões na produção de grãos? Veja Goiás, produz muito, tem muitas fábricas, inclusive de automóveis, além das indústrias farmacêuticas, mais a saúde é um caos como os demais estados.