Cidades Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 11h:39 | Atualizado:

Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 11h:39 | Atualizado:

DIA DE PROTESTO

30% das escolas de MT estão paradas

 

G1

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

professores-greve.jpg

 

Os profissionais da educação de Mato Grosso fazem, nesta quarta-feira (24), uma paralisação de 24 horas para cobrar valorização salarial e uma mobilização contra a Reforma da Previdência. Com o movimento, as aulas estão suspensas em 128 escolas do estado, que corresponde a 30% do total de 368 unidades.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep-MT), que representa a categoria, a paralisação integra um ato nacional, que marca a 20ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública. Além da pauta salarial, os profissionais pedem valorização da carreira e respeito do governo estadual, que “não cumpre com as políticas de estado, que asseguram o direito à educação com qualidade e valorização profissional”.

No estado, a pauta dos trabalhadores também cobra: Cumprimento integral da lei 510/13 (7,69% mais inflação de 3,43%) mês de maio; Pagamento dos restos a pagar da RGA de 2018 para assegurar Lei da Dobra do Poder de Compras dos profissionais da Educação; Retroativo do parcelamento da RGA; Fim do Parcelamento/Fracionamento salarial e regularização dos salários, com os pagamentos, até o dia dez do mês, de forma integral.

 





Postar um novo comentário





Comentários (8)

  • Ademir

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 16h40
  • Trinta por cento, coloque uma câmera escondida, vai descobrir que além de péssimos professores, são adoradores do esquerdiismo que acabou com o Brasil nestes 16 anos, junto com sindicatos, a qual o Brasil tem 91% dos sindicatos do mundo, gente que só quer viver de não trabalhar e mamar dos outros, chega, precisamos nos unir pelo Brasil, como não querem a Previdência, quem quebrou foi o PT, agora todos tem de ajudar, porque se não passar aos inteligentes, acabará, isso é fato, dados, números.
    0
    1



  • JUSTICEIRO

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 16h07
  • Sou contra esse tipo de manifestação, será que esse povo não vê que Mato Grosso ta passando uma crise e ainda quer aumento, então pede para sair ua já que o salário não compensa eu acho que falta de compreensão desses professores, tem gente querendo receber esse dinheiro, pois a saúde do povo de Mato Grosso e mais importante que o aumento de salários de vocês. POR FAVOR OBSERVE OQ VCS ESTÃO FAZENDO
    0
    1



  • BOLSONARO2022

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 14h31
  • Eu tenho muitos parentes pedagogos e a maior parte é favorável sim a paralisação, mas quanto a previdência, muitos ainda estão na dúvida, sabemos que é necessário faze-lo pois quem ficou no poder durante esses 16 anos pra trás não o fez ... Então os Sindicatos precisam esclarecer de fato o por que é necessário e até que ponto de consenso é necessário chegar, e não inflamar com muitos professores adoradores do PT que são militantes e acabam envolvendo outros desinformados ... Ou os professores não podem contribuírem com um pouco de sacrifício agora para salvar a aposentadoria dos seus filhos e netos ? Vão militar pra tbem pra querer enfraquecer o Governo que está no 3 mes e tentando melhorar em todas as áreas a corrupção, e o desmando do dinheiro público. Preste atenção pq vcs sofrem hj, é devido aos governos que muitos defendes ( Lula e Dilma ).
    3
    0



  • Zeca do Osmar cabral

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 14h30
  • Gente esse justiceiro é um bosta na água, quer ver em notícias policiais só comenta merda sem noção, parabéns à todos tem sim que lutar pelos seus direitos e ponto final.
    1
    1



  • eu eu

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 13h49
  • Enquanto pessoas como esse apelido de justiceiro não quer enxergar ou faz de conta que tudo está bem, é um direito dele, as opiniões são livres, o que queremos é impulsionar o que queremos, ou seja, educação, saúde, segurança, isso é para todos, e não como as autoridades egoístas, egocêntricas fazem, só pensam em si. Nós temos que ter coragem, temos que perseguir algo, algo de bom. Nós brasileiros somos um povo covarde, um povo amedrontado, acuado, até quando vamos suportar isso. Em vez de ficarmos escrevendo, porque não mostremos ações. Porque tememos. Há um pensamento muito precioso: não tema ninguém além de Deus.
    3
    0



  • eu eu

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 13h10
  • que crise justi..vemos os poderes nadando em dinheiro e vem falar em crise, crise é para nós o povão, esse país só vai mudar o dia em que formos um povo unido e exigirmos mudanças para todos ...
    5
    0



  • Kaio Gabriel

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 12h52
  • Justiceiro presta atenção eles não estão pedindo aumento de salario e sim RGA, bem como lutando para não mudar a previdência. Se você fosse não justiceiro assim como diz, estaria a favor do trabalhador que vai sofrer com essa reforma previdência.
    5
    1



  • JUSTICEIRO

    Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 11h45
  • Será que não esta vendo a crise do Mato Grosso ainda ficam querendo aumento, eu isso um pouco de consideração ao povo que depende da escola exemplo alunos...
    4
    19









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet