03 de Julho de 2020,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 03 de Março de 2015, 16h:48 | Atualizado:

ESTRADA

Aventureiros criam nova rota para Pantanal de MT

pantanal-estrada.jpg

 

A ida ao Pantanal por uma nova rota pela Transpantanal, na região de Cáceres, a 220 km de Cuiabá, tem sido incentivada por um projeto, idealizado pelo 'Bichos do Pantanal' em parceria com a comunidade de Cáceres. Segundo o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Júlio Pereira, o governo quer estadualizar a estrada para conseguir mais recursos e investir na região.

A ideia do projeto 'Bichos do Pantanal' é movimentar a estrada com o turismo. Soely Figueiredo, agente de viagens, viu no bioma uma oportunidade de aliar a natureza aos negócios. "Seja na cheia, seja na seca, a gente vive no ritmo das águas. A gente vê animais com filhotes. O pantanal está exuberante. Ele tem a beleza da florada dos ipês, enfim se renova a todo o instante", contou.

Marcos Vinícius Elias da Silva tem ajudado no projeto. Ele contou que trabalha junto aos pesquisadores como guia de turismo. "Cáceres tem muito a mostrar, principalmente para fora. Temos uma grande riqueza que é o nosso Pantanal. É um dos 10 mais vastos do bioma pantanal. O ecoturismo é 'business'. É bom tanto para a economia local, quanto para gerar emprego, PIB, aumentar a produtividade econômica do local”, avaliou.

O ecólogo Douglas Trent explicou a diferença do Pantanal de Cáceres para os outros. A maior delas é a preservação. "O 'produto' não é pousada, não é guia. O 'produto' é A natureza. Tem mais arara vermelha e não tem poeira na seca da transpantaneira porque não tem muito trânsito. Falta desenvolvimento e estrada boa. Estamos conversando com fazendeiros que têm interesse em fazer isso. Acredito nesse projeto”, afirmou.

No km 786 na BR 070 começa a Transpantanal, no município de Cáceres, distante 220 km de Cuiabá. A antiga 'Estrada do Boiadeiro' tem cerca de 160 quilômetros entre as morrarias, onde se vê as aves, mamíferos e jacarés. O fazendeiro Ademir de Castro, que mora há 40 anos no pantanal, contou que se sente responsável por preservar. "Fui criado em pantanal. Jamais imaginaria sem essa natureza, belíssima”, disse.

A Transpantanal precisa de reforma que depende da prefeitura do município. Entre as mudanças estão a elevação da estrada e reformas nas pontes na região cercada por fazendas de criação de gado.

Para o fazendeiro Pedro Cardoso, a mudança seria muito boa. “Mudando a estrada vai beneficiar o turismo e pecuária, que é o forte, até para tirar o gado fica bem melhor. O carro-chefe é uma estrada boa, tem que ter um pontapé, o que a gente está tentando fazer é isso”, alegou.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Paulo Cesar | Quarta-Feira, 04 de Março de 2015, 10h30
    0
    0

    Cáceres princesinha do rio paraguaí... quem não conhece deveria conhecer, vale muitíssimo a pena...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS