Cidades Segunda-Feira, 06 de Maio de 2019, 19h:30 | Atualizado:

Segunda-Feira, 06 de Maio de 2019, 19h:30 | Atualizado:

Notícia

Creche que não tinha nem vaso sanitário é interditada em MT

 

José Pereira
TVCA

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

creche.jpg

 

Os pais que levaram os filhos para a creche municipal Maria Arlene Neves, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, foram surpreendidos pela interdição da unidade. A secretaria municipal de Educação cumpriu uma determinação da Justiça, que acolheu uma denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), sobre as más condições do local.

A denúncia do MPE apontou que o centro de ensino, com a pintura desgastada, pisos quebrados, banheiros sem vasos sanitários e fiação elétrica exposta se tornou um local inadequado para abrigar as 256 crianças, com idades entre 1 e 5 anos.

Os funcionários da creche afirmaram que ratos foram encontrados nas salas de aula e na cozinha da unidade. Além disso, as fossas estão cobertas com restos de materiais de construção e outros entulhos estão espalhados próximos aos brinquedos das crianças.

Diante do exposto, a Justiça acatou a solicitação do MPE e determinou o fechamento da unidade, no dia 29 de abril. Determinou ainda que os alunos sejam transferidos para outra escola.

Entretanto, os alunos foram mandados de voltar para casa, sem que fosse feita a transferência para outra unidade escolar. A prefeitura informou que uma reunião deve ser realizada no final da tarde desta segunda-feira, para definir, junto com os pais, para onde as crianças serão encaminhadas.

 





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet