12 de Agosto de 2020,

Artigos

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 11h:44 | Atualizado:

POLUIÇÃO

Cuiabá retira publicidade ilegal das ruas

publicidade.jpg

 

Dando sequência a operação “Cidade Limpa”, a equipe de fiscalização mobiliária da Secretaria Municipal de Ordem Pública realizou uma ação nesta quarta-feira (31), para retirada de faixas, placas e materiais publicitários ao longo da Avenida Carmindo de Campos. O trabalho realizado nesse primeiro momento é de caráter orientativo e busca conscientizar o comércio para o  cumprimento da nova legislação já vigente.

A nova lei de publicidade n° 443, tem por objetivo combater a poluição visual da cidade, proteger, preservar e recuperar o patrimônio histórico e cultural.

“Essa nova lei facilita a divulgação publicitária sem causar danos visuais na cidade. Faremos ações como essa, toda quarta-feira, nos principais corredores da cidade, recolhendo todo esse material”, explica o diretor de Mobiliário, Benedito Júnior.

O Município de Cuiabá exercerá, por intermédio de seus Agentes Públicos, integrantes do quadro permanente da carreira Regulação e Fiscalização, o poder de polícia administrativa, de forma a garantir a plena aplicação da presente Lei, assegurando a convivência harmônica no meio ambiente urbano.

Após o período de orientação a secretaria, começará a notificar os proprietários e aplicar as penalidades cabíveis. Os custos e multas nas apreensões e remoção do material vão de R$ 200 à R$ 3 mil.



Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • kkkkkk | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 03h59
    1
    0

    O problema dessa faixas de acompanhante e luxo é que é uma relação efêmera, sou romantico, quero me envolver...

  • Enadir Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 19h04
    0
    1

    Parabéns pelo trabalho!

  • Celso | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 15h25
    1
    1

    Tem muita faixa na cidade inteirá de um arquiteto que faz promoção de projetos também. Só enganação

  • Matuto | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 14h09
    1
    0

    tem um leiloeiro que no mês de Novembro espalhou para mais de 200 faixas em cuiabá divulgando leilão que teria no TRT-23 e nada foi feito.

  • Air Francisco Costa | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 14h04
    0
    1

    O servidores da SMORP devem ir lá no bairro Jardim Universitário, este cheio de faixas e contra o IML.

  • Fagundes | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 13h39
    1
    0

    Espero uma fiscalização na avenida entre o atacadão e a fundação bradesco, faixas e mais faixas além da ocupação irregular das calçadas que ainda nem acabaram de fazer, que se não tomar providências urgentes, correm o risco de se apropriarem definitivamente do espaço...

  • Manoel | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 12h50
    2
    1

    Tem um local aí que esta com faixa de (acompanhante de luxo) atividade que deve estar dando dinheiro já que ninguém retira do local deve estar rolando uma boquinha...

  • Peter | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 12h47
    3
    2

    Tem umas faixas de acompanhante de luxo espalhadas pela cidade, rs!

  • Antonio Luis | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 11h55
    7
    2

    Essa gestão do prefeito do Paletó é uma piada. Manda arrancar faixas de comerciantes que estão promovendo sua atividade neste momento de crise, mas não arranca faixas de vereadores que estão poluindo e agredindo o meio ambiente, como faixas colocadas pelo vereador Adevair Cabral na entrada do CPA I e do sub secretário comunitário Joanil no trevo da rotária do Centro de Eventos Pantanal.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS