12 de Agosto de 2020,

Artigos

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020, 16h:37 | Atualizado:

SUSPEITAS

Em 4 dias, barreiras levaram 38 para hospitais

barreira-moto.jpg

 

Desde quarta-feira (8) até domingo (12), 16.462 pessoas foram abordadas nas barreiras sanitárias instaladas em 4 rodovias de acesso à Cuiabá, sendo que apenas 38 delas precisaram ser encaminhadas para unidade de saúde, por apresentarem sintomas de Covid-19. Ao todo, foram 7.994 veículos parados e higienizados.

Conforme a Vigilância Sanitária, este domingo (12), registrou o maior número de pessoas atendidas, 3.978 condutores e passageiros a bordo de 1.702 veículos. Apenas uma pessoa foi encaminhada para atendimento médico. 

A barreira mais movimentada no da foi a da Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, com atendimento a 1.471 pessoas a bordo de 519 carros ou caminhonetes e 59 motocicletas, totalizando 578 veículos.

Na rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040), que liga a Capital a Santo Antônio do Leverger, foram 1.119 pessoas que tiveram sua temperatura corporal aferida e responderam ao questionário utilizado para triar aqueles que apresentam sintomas característicos da Covid-19. Ao todo, foram abordados 562 veículos, entre 484 carros ou caminhonetes e 78 motocicletas. 

Na rodovia Helder Cândia (MT-010), a Estrada da Guia, 939 pessoas a bordo de 342 carros/caminhonetes, 32 motocicletas e dois ônibus foram abordadas. Já a barreira sanitária da BR-163/364, saída para Rondonópolis, foi a que apresentou menor movimento, com atendimento a 449 viajantes em 186 veículos, sendo 170 carros/caminhonetes, um caminhão e 15 motocicletas. 

As barreiras sanitárias acontecem nessas quatro rodovias das 8h às 12h e das 13h às 17h. Nas abordagens, são efetuadas a aferição da temperatura corporal dos condutores e passageiros de veículos, aplicação de um questionário junto aos condutores e passageiros, e desinfecção dos pneus dos veículos com cloreto de benzalcônio. Caso a pessoa apresente sintomas da Covid-19, é orientada a procurar assistência médica em uma unidade e saúde mais próxima ou na rede privada. A medida visa reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus através do controle e acompanhamento daquelas pessoas que são detectadas com sintomas da Covid-19.

 



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS