29 de Janeiro de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 13h:03 | Atualizado:

EFETIVO NA SEGURANÇA

Enquanto tem excesso de coronéis, MT tem déficit de 4,8 mil praças na PM

Números foram publicados no Diário Oficial; maior patente da corporação, coroeis estão em excesso


Da Redação

pmmtcorporacao.JPG

 

Mato Grosso possui um déficit de 5.471 policiais militares – contando todos os níveis, de oficiais a praças, da Corporação. O número é quase a metade do que o efetivo no Estado deveria contar (12.494 PMs).

A informação é do próprio Governo do Estado, que publicou na edição do diário oficial desta quinta-feira (16) o lotacionograma – uma ferramenta, composta por gráficos e tabelas, que apresenta os recursos humanos (policiais militares) que estão trabalhando em determinado órgão, neste caso, a Secretaria de Segurança Pública (SESP-MT). Atualmente, o número de PMs em Mato Grosso é de 7.144.

Segundo a publicação, as patentes mais carentes de servidores são as de soldado e cabo – dois dos níveis mais baixos na hierarquia militar -, que apresentam déficit de 4.416 policiais.

O Governo do Estado informa, ainda, que faltam 387 sargentos (incluindo os três níveis da patente), 348 tenentes e 238 capitães – estes dois últimos, já entre os oficiais da Corporação, responsáveis pelo planejamento estratégico e elaboração e implementação de políticas públicas de segurança.

EXCESSO DE CORONÉIS

No topo da pirâmide da hierarquia militar, a publicação informa que o Estado carece de 76 majores e tenentes-coronéis, além de 1 coronel.

Em novembro de 2019, o jornal paulista Folha de São Paulo publicou uma reportagem informando que Mato Grosso era uma das 15 unidades federativas brasileiras que possuíam mais coronéis PM na ativa do que o número de cargos autorizados pela própria legislação estadual.

De acordo com a reportagem o número de coronéis PM no Estado era de 34, porém, a legislação havia autorizado a criação de apenas 31. Os dados - oriundos de um levantamento da Inspetoria Geral das Policias Militares do Exército Brasileiro (IGPM/EB) -, são de 2018.

No entanto, segundo a publicação do Diário Oficial desta quinta-feira, o número de coronéis na ativa em Mato Grosso é de 30 PMs. Os tenentes-coronéis contam com 210 homens, e os majores totalizam 44 no Estado.

O FOLHAMAX repercutiu na época a matéria da Folha de São Paulo, e ouviu um dos dirigentes da PM no Estado. Ele reconheceu o excesso de oficiais de alta patente, dizendo que esta é uma “distorção” que precisa ser solucionada. “No linguajar popular, ‘é muito cacique e pouco índio’. Tem coronel um trombando no outro [no Comando Geral] e, enquanto isso tem Comando Regional comandado por tenente-coronel”.

 

 

deficit-pm (1).jpg

 

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Raimundinho | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 08h52
    1
    0

    Governo e políticos que gosta da CORRUPÇÃO eles criticam......... O que eles querem ? Governo Mauro mente e companhia isso INCOMODA eles..... QUANTOS MENOS policiais, promotores, delegados, investigadores, Juízes dedicados,etc.... prá eles é melhor......isso dá COÇEIRA neles..... FAZEM relatórios, DESATIVAM delegacias, não faz concurso, Não gosta de promoções, faz decretos contra.. etc

  • ANTONIO | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h57
    4
    0

    O CORRETO SERIA UM CORONEL PARA CADA MIL HOMENS OU SEJA: SE TEM SETE MIL HOMENS, TINHA QUE TER SETE CORONÉIS, SERIA O SUFICIENTE PARA O TRABALHO, JÁ QUE ELES APENAS ASSINAM DOCUMENTOS. O PORQUE NÃO COPIAR O EXÉRCITO BRASILEIRO, QUE TEM UM GENERAL POR REGIÃO E DA CONTA DO TRABALHO. COM O PALAVRA O SR GOVERNADOR.

  • Carlos | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h51
    3
    0

    Quem critica a pmmt por falta de eficiência deve pesquisar as causas que começam com a falta de efetivo, e desrespeito aos direitos constitucionais basicos da carreira, como falta de fardamento e corte de direitos como reposição inflacionária dos proventos. Nada tão diferente das outras carreiras do setor público, que só tem valor no ano de eleição ou reeleição. Acordem pessoal, eleger empresário e político de carreira para chefes de executivo só gera opressão, esses dias sobrou até para os comerciantes...

  • Eleitor | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h12
    4
    1

    Poderia fazer um concurso para serviço administrativo, com salário menor pois tem muitos políciais ganhando oito dez mil pra trabalhar seis horas por dia no ar condicionado

  • Ares | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h06
    4
    0

    Infelizmente Maria Taquara num ponto vou ter que discordar de você a culpa da criminalidade em alta não é culpa da segurança pública o estado de SP é um exemplo claro disso lá o efetivo da PM ultrapassa mais de 100 mil homens e é um dos Estados mais violentos a culpa é das leis safadas quantas vezes um criminoso tem que preso pra ele realmente ficar preso? É um tal de prende e solta escandaloso não há polícia no mundo que de conta de criminosos com umas leis safadas vagabundas existente no brasil

  • Rezende | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 16h40
    5
    0

    Deve abrir concurso urgente para soldados, tem Cidade do interior que possui 4 policiais para dar segurança para 5 mil habitantes, absurdo, cadê o ministério público para cobrar obrigação de fazer do Estado, um verdadeiro descaso com a segurança pública!

  • alexandre | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 16h15
    5
    1

    32 mil de salário, enquanto os praças ....

  • MARIA TAQUARA | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 15h26
    10
    3

    além de excessivo não ajuda em nada, em Cuiabá roubam carros e residências como se tirassem doce de criança, sobrou até pra deputada dia desses

  • contribuinte | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 15h16
    16
    1

    muita gente querendo ficar no ar condicionado sem fazer nada e ganhando muito

  • Paulo | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 14h36
    2
    1

    Kkk.

  • Regina | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 14h14
    12
    1

    A PM tem mais cacique do índio, fruto de leis de carreiras aprovadas na assembleia do Riva e governo silval.

  • Ares | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 14h14
    10
    1

    Parabéns aos valorosos destemidos e heroicos Praças da PMMT que diuturnamente se desprendem se empenham ao máximo no nobre mister de proporcionar sensação de segurança pública se com o efetivo defasado já realiza um excelente trabalho imagina se o efetivo não fosse tão defasado um estado de proporções territorial extensa para apenas 7000 PMs daí tiram os que entram em férias licença prêmio para o GEFRON BOPE ROTAM PRE BTL TRANSITO BTL FLORESTAL À DISPOSIÇÃO DE OUTROS ÓRGÃOS

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS