20 de Outubro de 2019,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 28 de Novembro de 2016, 16h:06 | Atualizado:

Entidades vão discutir saneamento básico em Mato Grosso

Os deputados membros da Câmara Setorial Temática (CST) do Saneamento Básico realizam, às 9 horas, na sala das comissões 201, reunião para estudar e discutir o saneamento básico, bem como sugerir ações para os planos municipais de saneamento em todos os 141 municípios de Mato Grosso.

A iniciativa é do líder de governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM). O parlamentar ressalta que em Mato Grosso não existe trabalho do Governo do Estado nem mesmo da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM) sobre a implantação do saneamento básico.

“A maioria dos municípios mato-grossenses com menos de 20 mil habitantes não possui plano diretor nem mesmo projeto para implantação de saneamento, algo que reflete diretamente na saúde pública local”, explicou o parlamentar.

Para a reunião da CST foram convidadas várias entidades que têm algum tipo de estudo sobre o saneamento básico em Mato Grosso. Entre elas, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), a Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), o Tribunal de Contas do Estado (TCE), a Secretaria de Estado das Cidades (Secid), a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Ager) e a Agência Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (Agem).

Na segunda reunião da CST desta terça-feira (29), cada um dos representantes das entidades deve apresentar sugestões à formatação de proposta para o saneamento básico em Mato Grosso. O presidente da CST, professor da UFMT, Paulo Modesto, deve apresentar propostas sobre resíduos sólidos.    

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • julia silva-Queimo de olivera | Segunda-Feira, 28 de Novembro de 2016, 22h52
    0
    0

    Bom

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS