05 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018, 16h:05 | Atualizado:

Escola em Cuiabá é interditada após vendaval


Diário de Cuiabá

A Escola Maria Dimpina Lobo Duarte, localizada na Avenida Fernando Corrêa, em Cuiabá, foi interditada na última segunda-feira (22), após um forte vendaval. 

De acordo com a diretora da unidade, Dilza Catarina de Souza, o fato foi registrado na tarde do dia 18 deste mês, porém o Corpo de Bombeiros foi no local para vistoriar a estrutura da unidade e acabou interditando todas as salas do colégio. 

A sala dos professores e a sala multifuncional foram as mais prejudicadas conforme a direção. No entanto, as demais salas que também ficam no segundo andar, apresentaram rachaduras nas paredes e goteiras. 

“Foi intensa a chuva e desastrosa. Os telhados dessas duas salas caíram completamente e o madeiramento danificou. Agora, das outras salas teve bastante rachaduras. Por conta disso, os bombeiros interditaram o colégio na última segunda-feira e permanecerá desta forma até que a Secretaria Municipal de Educação realize os reparos”, alegou. 

Ainda conforme a diretora, técnicos da secretaria visitaram o colégio e apresentaram a ordem de serviço, que deve ser iniciada na manhã de hoje. AS aulas estão previstas para começar no próximo dia 19. 

“Graças a Deus não tinha nenhuma criança no dia. Tínhamos funcionários da secretaria, da equipe de limpeza e da segurança, mas todos conseguiram correr e evitaram danos maiores. Agora, só esperamos a agilidade do município para que nossos alunos não sejam prejudicados”, observou. 

Já o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Cuiabá, João Custódio, lembrou que esta não é a primeira que a escola apresenta danos na estrutura, além da reforma da unidade ter sido finalizada em pelo menos seis anos. 



Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Thaynara Anacleto de sena | Domingo, 28 de Janeiro de 2018, 11h46
    1
    0

    Meu Deus , que tristeza sorte que ninguém se machucou !!!

  • Maria | Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 19h00
    0
    0

    Com certeza foram grandes os gastos com engenheiro, para em tão pouco tempo acontecer isso.

  • Maria | Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 19h00
    0
    0

    Com certeza foram grandes os gastos com engenheiro, para em tão pouco tempo acontecer isso.

  • Maria | Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 18h59
    0
    0

    Com certeza foram grandes os gastos com engenheiro, para em tão pouco tempo acontecer isso.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS