20 de Setembro de 2019,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 01 de Abril de 2014, 14h:03 | Atualizado:

Escola Estadual vai receber recurso de aproximadamente 1,5 milhão para reforma

A Escola Estadual Antônio Carlos de Brito, no município de Pontes e Lacerda, localizada a 442 km à Oeste de Mato Grosso, vai receber investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão. O vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Antonio Azambuja (PP), viabilizou o recurso junto ao governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

A secretária de educação, Rosa Neide de Almeida, explica que a unidade escolar está incluída na lista de prioridades para este ano. “Os projetos estão todos prontos e, provavelmente, a obra será licitada ainda em 2014”, afirmou.

Antonio Azambuja salientou que a escola será contemplada com a ampliação de cinco salas de aulas, conjunto de banheiros com 476,36 m², reforma geral da parte existente com troca de cobertura, troca de esquadrilhas, pintura geral e piso em toda a escola.

O parlamentar define a educação como base para o processo de desenvolvimento social, formação educacional e caráter do ser humano. Segundo Azambuja, a escola Antônio Carlos de Brito, há tempos necessita de uma nova sede, pois da maneira em que está, compromete a segurança física dos alunos e servidores da instituição.

O legislador ainda esclarece que na atual conjuntura o ensino vem sendo prejudicado em razão dos problemas estruturais que o prédio possui. “Temos a função e obrigação de garantir em primeiro lugar a integridade física tanto dos funcionários quanto dos alunos. Por esta razão encaminhei a indicação à secretária de educação Rosa Neide, certo de que o Estado não seria omisso a essa situação”, observou.

O anúncio da viabilização do recurso deu-se através do ofício n° 0416/2014 assinado pela secretária de Estado de Educação, Rosa Neide Sandes de Almeida, protocolado no gabinete parlamentar do vice-presidente da AL, Antonio Azambuja.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS