23 de Abril de 2019,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 21h:35 | Atualizado:

CRISE TOTAL

Estado não vai dar uniformes aos 390 mil estudantes em 2019

Cada família de aluno terá que desembolsar até R$ 5 por camiseta


G1-MT

Sumaia Vilela / Agência Brasil

Escola rio

 

Os mais de 390 mil alunos da rede estadual de Mato Grosso vão ficar sem receber uniformes neste ano letivo. A informação foi confirmada pelo governo do estado, por meio de nota na Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

Se no decorrer do ano letivo o estado tiver dinheiro, poderá entregar os uniformes, mas não há garantia. Conforme a nota, as escolas que ainda tiverem uniformes guardados de anos anteriores podem distribuí-los aos alunos.

De acordo com a assessoria, todas as escolas estaduais foram comunicadas da não distribuição dos uniformes este ano. As escolas podem confeccionar os uniformes para seus alunos, no entanto, é preciso que isso seja acordado com a comunidade escolar.

Por meio de reuniões, as escolas devem conversar com os pais sobre o assunto e os mesmos devem estar de acordo com a aquisição dos uniformes. Além disso, segundo a Seduc, as unidades escolares têm autonomia de colocar a logomarca da própria escola nas camisetas.

Isso facilita a identificação do aluno na hora de entrada e confirma que o mesmo estuda na unidade. Como as escolas pagam pelo serviço, o total é repassado aos estudantes num valor simbólico que varia de R$ 3 a R$ 5, por uniforme. O valor cobrado será revertido para a própria unidade escolar para ser investido em melhorias e projetos pedagógicos.

A Seduc orienta as escolas a não impedirem que os alunos assistam às aulas se estiverem sem uniformes.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Benhur | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 09h54
    0
    0

    Uma Vergonha MM, quem fala dos USA vai viver lá, só os mais necessitados e que perde!

  • alexandre | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 09h13
    2
    0

    mas dá isenção fiscal para gigantes do varejo....de milhoes...

  • Na | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h45
    4
    0

    SEM MERENDA E SEM UNIFORME? MAS COM ISENÇÕES E COM SUPER DUODÉCIMOS? O POVO SE DANOU!

  • verdade | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h36
    1
    2

    Empresta de quem tem e não usa, vai com sua própria roupa, que nem EUA e Europa que não usam uniforme em escola pública há décadas. Evolua criatura!

  • Liz | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h25
    0
    2

    Sei de escolas que diretores obrigaram alunos a comprar uniforme por r$ 3 ou r$ 4 ano passado inclusive impedindo aluno de entrar na unidade de educação. Algumas mães questionaram e os diretores disseram que estavam dentro da lei!

  • Francisco Poconé | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 08h24
    3
    0

    Não só políticos são atrasos mas também todos aqueles que correm atrás de boquinhas no governo aí tem uma carrada de "espertos". Ô raça !

  • Fernando | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 07h58
    2
    0

    Esse e o governo Mauro Mentira que deveria renunciar o mandato se dizia tão competente e agora tá demonstrado sua habilidade de gestão propaganda enganosa tudo que falou e fez até agora foi criar polêmica e conflitos resultado que bom nada

  • João | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 05h46
    5
    0

    Senhor Governador, pelo amor de Deus, pare de punir os mais fracos, existem pais que não tem dinheiro sequer para dar de comer a seus filhos. Daqui a pouco o senhor vai cortar a merenda escolar para manter as suas regalias e a de seus lacaios. Seja humano e competente, o senhor foi eleito pelo povo, deve governar para o povo, suas tomadas de decisões são equivocadas e catastróficas. Veja o exemplo dos últimos governadores, onde a justiça Divina recaiu sobre eles. Cuidado senhor governador, a mão de Deus é pesada e justa.

  • Ângelo | Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 23h55
    17
    3

    Assim são tratados os filhos da classe trabalhadora que dependem do ensino público nesse país ...

  • Rogério | Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 23h10
    16
    3

    Vergonha, só a renúncia fiscal em favor da BIMETAL daria pra comprar esse unif

  • Zé Gotinha | Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 22h27
    17
    2

    Enquanto isso um DAS (comissionado) afilhado de Deputado ganha 5.000,00 pra não fazer nada !!!! Essa secretária de Educação já estava aí na gestão do Taques...ou seja ela estava na gestão que acumulou inúmeros gastos na pasta...então o que mudou ou vai mudar com esse encosto no cargo ????? Esse país poderia "dar certo" mas os políticos são um atraso de vida......

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS