Cidades Quarta-Feira, 12 de Junho de 2024, 14h:46 | Atualizado:

Quarta-Feira, 12 de Junho de 2024, 14h:46 | Atualizado:

CENSO FUNCIONAL

Estado suspende pagamento de salários de quatro mil servidores

"Desaparecidos" já não receberão na folha de junho

Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

Fachada MTPrev 4.jpg

 

O Mato Grosso Previdência (MT Prev) publicou nesta quarta-feira (12.06) o Edital 01/2024 que suspende o pagamento dos servidores aposentados e pensionistas que não realizaram ou não concluíram o Censo Previdenciário no prazo estabelecido de até 5 de abril. Para ter os proventos restabelecidos, os beneficiários pendentes devem regularizar o cadastro no site do MT Prev ou presencialmente na sede da autarquia em Cuiabá, mediante agendamento pelo telefone 65 3363-5300.

Segundo a gerência de cadastro do MTPrev, o edital publicado inclui os nomes de quem não tinha realizado o Censo até o dia 23 de maio. Caso tenha regularizado a situação até a data desta publicação, o segurado pode ficar despreocupado.

Os beneficiários que regularizarem o cadastro receberão os pagamentos conforme programação mensal no ciclo da folha de pagamento do Poder Executivo Estadual. Amplamente divulgado na televisão e internet com apoio da imprensa, sindicatos e assessorias, o Censo Previdenciário do MTPrev foi realizado no período de 11 de dezembro a 29 de fevereiro de 2024, e prorrogado até o dia 5 de abril.

Após o prazo final, ainda foi realizada uma força-tarefa composta pela autarquia, sindicatos, secretarias e outros órgãos estaduais com o objetivo de localizar os ausentes e evitar a suspensão dos pagamentos. A ação localizou 2.081 pessoas até a finalização em 20 de maio.

Do total de 88.951 convocados, 4.039 (4,54%) ainda não atualizaram o cadastro.

 





Postar um novo comentário





Comentários (6)

  • Kkkcuiabano

    Sexta-Feira, 14 de Junho de 2024, 22h05
  • Será que é os cabo leitoreiro que vão começar a trabalhar na campanha???
    0
    0



  • Contribuinte

    Quinta-Feira, 13 de Junho de 2024, 10h01
  • NAS PREFEITURAS DE CUIABÁ E VG MUITOS CORRENDO APENAS DOS SEUS PRÓPRIOS INTERESSES , FISCAIS ENTÃO VIAJAM PARA FORA DIRETO, O CONTRIBUINTE QUE PAGA QUE SE DANE, QUE ESPERE, FALTA SUPERVISÃO
    5
    2



  • Tatiana

    Quinta-Feira, 13 de Junho de 2024, 09h50
  • Interessante seria colocar na chamada que são ?servidores aposentados e pensionistas?.
    12
    0



  • Bird

    Quinta-Feira, 13 de Junho de 2024, 08h40
  • PORRA SE FOSSE 400,500, OU MENOS DE MIL JÁ TAVA RUIM MAÍS QUATRO MIL SERÁ QUE ESSES QUATRO MIL SÃO FANTASMAS NÃO É POSSÍVEL MAURAO SE NO ESTADO ESTÁ ASSIM IMAGINA NA PREFEITURA DE CUIABÁ
    12
    4



  • Gordo

    Quarta-Feira, 12 de Junho de 2024, 19h01
  • Muito estranho. Com certeza tem maracutaia aí.
    13
    1



  • Aloisio Jaques de Oluveura

    Quarta-Feira, 12 de Junho de 2024, 18h33
  • Esse cadastro não serve para mais nada, a não para prejudicar os servidores, porque quando uma pessoa quando falecer os cartórios atráves do sistema interligados já informa do falelecimento. Então eu pergunto para que serve esse tipo de cadastro?
    21
    6









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet