07 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Sábado, 01 de Agosto de 2020, 10h:33 | Atualizado:

SAÚDE

Hospital passa a ofertar hemodiálise

hrr.jpeg

 

O Hospital Regional “Irmã Elza Giovanella”, de Rondonópolis, é a segunda unidade hospitalar do Estado a ofertar o serviço avançado de hemodiálise aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Mato Grosso. O Sistema Gênius, que passa a ser disponibilizado aos pacientes internados na unidade, existe em apenas 41 hospitais do Brasil e é considerado moderno e seguro. 

Com um investimento anual de aproximadamente R$ 216 mil, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) poderá ofertar mais qualidade de vida aos pacientes da Região Sul do Estado que necessitam do serviço de hemodiálise. 

“É um avanço significativo para o Estado e para a região. O incremento promove mais qualidade de vida aos usuários do SUS, pois descentraliza a oferta do tratamento – que, neste caso, será realizado em pacientes internados na unidade hospitalar. Reforço que a atual gestão não tem medido esforços para ofertar serviços de qualidade nos Hospitais Regionais”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. 

O novo serviço foi idealizado pela atual gestão da SES quando a secretária Adjunta de Gestão Hospitalar, Caroline Dobes, ainda estava à frente da direção geral do Hospital Regional de Rondonópolis. “Naquela ocasião, foi possível a contratualização de um sistema de hemodiálise inovador, que oferece um tratamento com mais eficácia e resulta em mais qualidade de vida para o paciente, sendo que o processo de aquisição se encerra agora, com sucesso”, relatou Caroline.

De acordo com a atual diretora do Hospital Regional, Kênia de Lima Gomes, o procedimento de aquisição ocorreu por meio de adesão a uma Ata de Registro de Preços, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

A SES-MT contratualizou a aquisição do kit dialisador, com cessão de equipamentos em regime de comodato, para que esse sistema pudesse ser oferecido aos pacientes. O valor exato do contrato por 12 meses é de R$ 216.650,80 e o custo unitário de um kit dialisador é de R$ 401,02. Para receber os novos equipamentos, foi necessário adequar um espaço específico para a instalação dos itens. As máquinas são móveis, manuseadas e levadas à beira-leito para a diálise do paciente, sem que haja a necessite deslocá-lo.

 



Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amosil | Sábado, 01 de Agosto de 2020, 11h10
    0
    0

    Maravilha.. Até q enfim una coisa boa desse secretário.Alem do atendimento na Arena Pantanal..

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS