Cidades Quinta-Feira, 25 de Abril de 2019, 19h:24 | Atualizado:

Quinta-Feira, 25 de Abril de 2019, 19h:24 | Atualizado:

Notícia

Indicação reacende esperança de escola de Barra do Garças

 

Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

A Escola Estadual Francisco Dourado, de Barra do Garças, está otimista com a indicação nº 872/2019, do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, o deputado Max Russi (PSB), apresentada em sessão ordinária na Casa de Leis. O requerimento aponta a necessidade de uma urgente reforma completa na unidade escolar.

Localizada no Bairro Jardim Amazônia, o popular BNH, a escola iniciou suas atividades em 1981, atuando apenas nas séries primarias. Em 1999, conforme a diretora Simone Silva Santos, ampliou seu atendimento da 4ª a 8ª série. Já em 2002, passou também a oferecer o ensino médio.

De acordo com o relato da diretora, até mesmo antes do ano 2000, época em que ela concluiu os estudos na própria unidade escolar,  as reformas já haviam sido solicitadas ao Executivo.

"A escola possui uma estrutura precária. Pode-se dizer que nós somos guerreiros, porque essa escola não teria condições de funcionar, devido ao calor. Essa escola nunca passou por uma reforma, desde a sua criação. Não temos acesso de acessibilidade, laboratório de ciências, refeitório, biblioteca, que seria fundamental. As secretaria de coordenação e direção estão em ambientes improvisados",  informou Simone.

Ainda segundo a diretora Simone, existe um projeto de reforma, porém diversos entraves, não revelados, impediram que as obras tivessem inicio até hoje.  Segundo um parecer técnico, da própria Secretaria de Estado de Educação (Seduc) em 2014, a unidade também estaria autorizada a utilizar recursos do  Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE - Climatização), na execução de reparos no pátio. O texto assegura que a unidade estaria dentro do programa estadual de reformas.

Em 2018 foi expedido, pelo poder judiciário, determinação para que o estado providencie a reforma completa da Escola Estadual Francisco Dourado em um prazo de 180 dias, porém nada foi feito até o momento. "Estamos otimistas com a preocupação do deputado Max e esperamos que essa situação seja logo resolvida", ressaltou a diretora da escola.

O deputado Max Russi assegurou que está buscando essas informações, junto aos órgãos competentes, para que as providencias sejam tomadas o mais breve possível.

"Apresentei essa indicação, pois sabemos do caos em que muitas escolas vivem no estado. Alunos estudando em ambientes precários e em situações de risco. Não podemos fechar os olhos para isso, por isso estarei cobrando e acompanhado, para que essa escola, que atende ampla região de Barra, incluindo a zona rural, seja logo contemplada com uma reforma", garantiu o parlamentar

 

 





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet