22 de Novembro de 2019,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2015, 11h:05 | Atualizado:

Integração marca encontro da Politec em Tangará

Cerca de 30 gestores e servidores da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) do Estado se reuniram para discutir a gestão, partindo do conhecimento in loco das gerências atendidas pela coordenadoria Regional de Tangará da Serra (a 239 km de Cuiabá). Os participantes debateram informações institucionais, indicadores de produtividade e procedimentos operacionais, além de legislações que regem a conduta ética e funcional dos servidores públicos (LC 04/1990), em especial, e a dos profissionais da Politec (Lei 8.321/2005). 

Durante a 4ª Reunião Gerencial, também foram apresentados aos servidores a carta de serviços das diretorias metropolitanas de Criminalística, Identificação Técnica, de Suporte Institucional, Medicina Legal e Laboratório Forense, além da corregedoria setorial e da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Estado de Segurança Pública. 

O encontro, que teve a presença do Diretor geral da instituição, Rubens Sadao Okada, e do Diretor Geral Adjunto, Reginaldo Rossi do Carmo, foi realizado nos dias 21 e 22 deste mês. Foi uma oportunidade para os servidores esclarecerem dúvidas e discutirem questões relacionadas aos temas, apresentando à direção geral a situação das gerências e o andamento dos serviços prestados pelas unidades. 

Participaram representantes de todas as diretorias e coordenadorias regionais, gerentes regionais da Politec de Tangará da Serra, Juína e Diamantino, além de servidores locais da coordenadoria de Tangará da Serra. 

A reunião contou com visitas técnicas às gerências regionais da perícia de Diamantino e Juína, realizadas pelos diretores geral e adjunto, pelo diretor de interiorização, José da Silva, e o coordenador regional da Politec de Tangará da Serra, Elesbão Victor da Silva. 

Para coordenador, o deslocamento até às unidades contribuem para a integração entre os gestores no apontamento de soluções institucionais, a partir das experiências vivenciadas in loco. “Durante as reuniões fazemos apresentações e os nossos pedidos para que todos conheçam as nossas necessidades, tanto de estrutura física quanto de equipamentos e de efetivo. Desta forma, passamos a nos respeitar mutuamente e ajudar uns aos outros com soluções pontuais”. 

O gerente regional de criminalística de Juína, Joao Pedro Junges, aprova a iniciativa das reuniões regionalizadas, que permitem conhecer a realidade regional. “Esta metodologia faz com que a direção conheça o nosso trabalho e que possamos nos aproximar da diretoria geral sem precisar nos deslocar até Cuiabá. Contribuindo desta forma para gestão e planejamento da diretoria de acordo com as necessidades reais de cada regional”. 

A reunião gerencial teve capacitações técnicas sobre excelência em atendimento ao público, ministrada pela assessora especial Kátia Cilene Proença. Peritos criminais e técnicos em necropsia tiveram aula sobre “Nivelamento e Padronização de Perícias Laboratoriais”, ministrada pelos peritos criminais Heitor Simões e Ewerton Ferreira Barros. Já os médicos legistas participaram da capacitação “A Perícia do DPVAT”, ministrada pelo Diretor Metropolitano de Medicina Legal, Dionisio José Bochese Andreoni. 

A perita criminal Fernanda Lima Amadeu, de Tangará da Serra, avaliou as reuniões como meio de integração entre a Politec da capital e do interior em um corpo único. “Cada região tem suas peculiaridades e necessidades e este é o momento em que todos terão a oportunidade de conhecer a realidade e trocar experiências em busca de uma solução conjunta”, afirmou. A próxima reunião gerencial será realizada na em Cáceres, nos dias 05 e 06 de novembro. 

Investimentos 

Durante a reunião, a Diretoria de Suporte Institucional apresentou a projeção orçamentária da Politec para os próximos quatro anos. Foram elencados a previsão de recursos alocados em investimentos nas áreas de infraestrutura, inovação tecnológica, qualificação profissional e tecnologia da informação. Os gestores deverão se reunir com os servidores das regionais nos próximos meses para definição das prioridades, com a demanda de custos e materiais necessários. 

Visitas Técnicas 

O segundo dia de encontro foi voltado ao monitoramento da qualidade dos serviços prestados pela Politec nas delegacias de polícia e promotorias de Justiça. Durante reunião na Delegacia de Mulher estiveram presentes o delegado regional Alexandre Moraes Franco, a delegada Liliane Diogo, o delegado Edimar Farias e a promotora de Justiça Alessandra Gonçalves da Silva. 

As autoridades destacaram a qualidade dos laudos periciais e o atendimento ao prazo previsto para a condução dos inquéritos, assim como a efetivação do sistema Politec Online no interior, que garantiu maior agilidade no acesso ao resultado dos laudos. Também sugeriram ajustes operacionais e investimentos na ampliação do banco de perfis genéticos e na criação do banco de identificação criminal (Afis). 

O Diretor Geral da Politec apresentou a evolução da instituição no quadro de pessoal e investimentos tecnológicos nos últimos quatro anos. Também foram destacadas as medidas tomadas para o atendimento às demandas por perícias em informática com a nomeação de mais dois peritos para a regional de Rondonópolis, o que irá dar vazão às perícias do interior. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS