04 de Julho de 2020,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 13h:15 | Atualizado:

VÍTIMAS DA PANDEMIA

Jovem que morreu em apartamento de Covid recebe homenagem do namorado em MT

Casal tinha planos de comprar apartamento e adotar 2 crianças


Da Redação

106493616_2990175137770743_791421384548352789_n.jpg

 

O namorado do jovem Willian Neder Coener Junior, 23 anos, que morreu nesse domingo (28) num edifício no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá, após ter contraído o coronavírus desabafou em uma rede social e fez uma homenagem ao rapaz. Weder Campos relatou que o casal tinham planos de adotar duas crianças e comprar um apartamento para morar juntos. Na publicação, o namorado faz um agradecimento a todos os momentos em que passaram juntos.

"Você me ensinou o verdadeiro sentido do amor. Obrigado por tudo, olhe sempre por mim, cuida de mim onde quer que você esteja. Infelizmente nosso planos de ter nosso apartamento, nosso carro, adotar as duas crianças foi deixado de lado", disse.

"Só Deus sabe a dor que estou sentindo, meu eterno amor, meu hino nacional, meu tudo! Eu espero que eu possa ter sido o que você procurava, mais uma vez olha por mim, cuida de tudo por aí! Eu vou sentir sua falta para sempre", relata em outro trecho da postagem.

O jovem veio de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, para visitar a mãe. Ele passou mal na semana passada e foi atendido em um hospital particular. O rapaz chegou a ficar internado, mas foi liberado recentemente.

Na manhã de domingo, ele passou mal novamente. Conforme a Polícia Militar, uma vizinha acionou os militares e estava em desespero. Os policiais militares chegaram primeiro ao local, mas não puderam prestar os primeiros socorros ao rapaz.

Isso porque, eles não portam roupas especiais para atender pacientes contaminados com Covid-19. A ambulância do Samu, segundo relatos, demorou cerca de 50 minutos para chegar ao prédio. Quando chegou ao local, a equipe médica só pôde oficializar a morte.

Moradores de prédios vizinhos filmaram o caso. Em um vídeo, é possível ver o corpo descendo a rampa de saída do edifício, carregado em um caixão fechado, por homens vestidos com o equipamento de proteção individual máxima, que inclui três camadas de roupas de proteção, máscaras cirúrgicas, óculos e escudo facial, além de luvas e sapatos especiais.

No dia do ocorrido, Wender fez uma postagem indignado com o que aconteceu. "Eu sei que vou te amar por toda a minha vida eu vou te amar. Por favor me diz que é mentira que você tá me esperando em casa", conta.

Devido ao diagnóstico, o casal não poderá se despedir já que em casos de Covid-19 o corpo não pode ser velado. Além disso, como o companheiro também testou positivo para o Covid-19, precisa estar em quarentena.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • J.José | Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 20h11
    3
    1

    Deus sabe o quê faz.

  • Carlos | Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 19h46
    4
    1

    Em um momento de dor as pessoas não tem noção

  • Paolo | Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 15h13
    12
    17

    Dois homens casal? Kkkkkkkkkkkk tem que rir de palhaços.

  • Alice Flobaca | Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 15h01
    7
    13

    A familia deveria acionar esse tal fake "sonia" por desrespeito. Basta pegar o ip desse sujeito junto ao jornal e aciona-lo na justiça.

  • Sônia | Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 13h46
    11
    29

    Misericórdia...pensei que se tratasse de um casal, mas, trata de dois iguais. Parafuso só encaixa em rosca. Caso não seja parafuso e rosca, não há a formação de casal.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS