07 de Dezembro de 2019,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 17h:48 | Atualizado:

Licitação de radares é suspensa em Rondonópolis

transito.jpg

 

A licitação para contratação de empresa que faria o serviço de monitoramento eletrônico do trânsito que aconteceria na manhã desta quarta-feira (4), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, foi suspensa pela segunda vez este ano. O prazo do contrato com a empresa que prestava o serviço terminou em janeiro e não foi renovado.

A decisão de suspensão foi do prefeito José Carlos do Pátio (SD). Ele quer analisar os pedidos de impugnação feitos pelas empresas participantes do processo licitatório e prestar esclarecimentos sobre o edital.

Depois que essas análises forem feitas, uma nova data para lançamento do edital será marcada. A licitação seria para contratar uma empresa para fornecer equipamentos e mão de obra para fiscalização eletrônica e o monitoramento do avanço de semafórico, parada sobre a faixa de pedestres, excesso de velocidade e a circulação de veículos em local proibido.

A empresa vencedora também seria responsável pelo controle de informações de trânsito para emissão de notificações de infrações e penalidades.

Outra suspensão

Em junho deste ano, outra licitação dos radares e lombadas eletrônicas foi suspensa. Na época, o secretário municipal de Trânsito e Transportes explicou que houve muitas reclamações e decidiu suspender.

As câmeras dos radares foram retiradas depois que o contrato com a empresa que prestava o serviço foi encerrado, em janeiro deste ano. O acordo não foi renovado.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Antonio Brasil | Quinta-Feira, 05 de Dezembro de 2019, 08h35
    0
    0

    O povo está cada vez mais sacrificado por esse tipo de gestão....radares é para tirar do pobre as migalhas que lhe restam ....tá na hora de deixar o povo respirar ....muda Zé....senão o povo muda vc.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS