15 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 12h:00 | Atualizado:

REAJUSTE

OAB divulga piso salarial dos advogados em MT

oabmt.jpg

 

De acordo com a Lei Estadual 9.833/2012, que dispõe sobre o piso salarial do advogado privado no âmbito de Mato Grosso, o valor deve ser reajustado anualmente. O cálculo é feito pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor.

Para o exercício 2018, o valor mínimo para 20 horas semanais passa a ser de R$ 1.512,33, enquanto o piso salarial relativo à jornada de 40 horas semanais fica em R$ 2.474,72.

Conforme o presidente da Comissão da Jovem Advocacia (Cojad) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Mario Medeiros Neto, além de importante instrumento na valorização da advocacia, o piso salarial é uma forma de garantir que os jovens profissionais tenham condições de buscar sua inserção no mercado de trabalho.

No entanto, para realmente evitar situações aviltantes no exercício profissional, o presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, ressalta que é fundamental que advogados e advogadas façam valer seus direitos e denunciem os abusos ao Tribunal de Ética e Disciplina (TED) para que sejam tomadas as devidas providências.



Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Dom Quixote de La Mancha | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 19h25
    0
    0

    Isso é o contrapiso, jamais um piso salarial. OAB tinha que ter vergonha de postar isso. O cara gasta milha de reais para estudar e depois ganhar um salário ridículo desse.

  • Jhunnyor | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 16h38
    3
    0

    Como é que ainda hoje, com a quantidade de informação disponível na internet, ainda somos obrigados, principalmente em alguns casos extremamente simples, da assinatura de um advogado? Cria-se uma reserva de mercado obrigando-nos a fazer uso de tais serviços e estabelecem preços mínimos arbitrários elevadíssimos para serviços burocráticos triviais. É o Brasil, terra dos privilégios governamentais.

  • Marley Marli | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 16h13
    0
    2

    E ainda tem escritorios que ofertam salarios de R$ 1.200,00

  • FILIPE FREITAS | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 15h57
    2
    0

    Ser dotô já era. Proliferaram faculdades de direito no Brasil, esse é o resultado. Melhor ser vendedor com todo respeito aos vendedores.

  • Robson | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 14h56
    7
    2

    kkkkk 40 horas 2.474 e brincadeira.....tinha q ser no minimo uns 5000

  • ivana | Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 14h41
    6
    2

    uma vergonha esse piso salarial

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS