25 de Maio de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 09 de Abril de 2020, 16h:39 | Atualizado:

PANDEMIA

Passageiro retirado de ônibus em MT testa positivo para Covid-19

Paciente está estável, mas segue em isolamento e é monitorado

prf.jpeg

 

Um passageiro que foi detido durante viagem em um ônibus que saiu de São Paulo e seguia para Porto Velho, na semana passada, em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, teve diagnóstico confirmado de Covid-19.

De acordo com a Prefeitura de Pontes e Lacerda, foi realizada a coleta e o resultado foi positivo. O paciente está em isolamento, sendo acompanhado por profissionais de saúde. O quadro dele é estável , até o momento está bem e continua sendo monitorado.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o paciente não é morador do município e reforçou que, ainda sim, o isolamento social e higienização são as ações mais importantes por parte da população para evitar a propagação do vírus na cidade.

O paciente foi abordado no dia 1º de abril. Ele saiu de São Paulo no dia 28 de março, com destino a Porto Velho, e depois retornaria com destino a Cuiabá.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a equipe de Vilhena, em Rondônia, entrou em contato com a equipe de Pontes e Lacerda, informando que no ônibus que fazia aquela linha havia um passageiro com suspeita da doença.

A PRF acionou o Corpo de Bombeiros Militar e representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Pontes e Lacerda, que compareceram no posto da polícia e aguardaram a chegada do veículo de transporte coletivo.

Ao passar pelo local, o ônibus foi abordado. Ele transportava 13 passageiros e todos passaram pela triagem, inclusive o motorista.

Os exames foram feitos de forma individualizada. As equipes identificaram o homem que apresentava todos os sintomas de infecção pelo coronavírus.

Diante das suspeitas o passageiro foi retirado do ônibus pela equipe especializada e encaminhado para uma unidade de saúde, para passar pelo isolamento e fazer o exame para confirmação ou não da doença.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marcos Justos | Quinta-Feira, 09 de Abril de 2020, 18h25
    7
    0

    Tem que prender ele numa cela (isolar). Tem que levar um processo pelo Estado, pois sabendo dos sintomas, sabendo da Pandemia, sabendo dos riscos, mesmo assim assumiu o risco de expor pessoas ao contágio em um ambiente de alto risco (ônibus)

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS