28 de Janeiro de 2020,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 20 de Agosto de 2014, 18h:06 | Atualizado:

Polícia Militar inicia Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais

A Polícia Militar realizou, nesta quarta-feira (20.08), a aula inaugural do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO). A cerimônia ocorreu no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. A abertura contou com a palestra ‘Novo Perfil do Policial Militar’, ministrada pelo coronel da reserva PM Almir Balieiro, mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (USP). 

O curso é uma especialização Lato Sensu em Gestão de Segurança Pública, promovido pela Polícia Militar, por meio da Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (Deip), com apoio da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec). 

Ao final do CAO, com carga horária de 360 horas/aula, os alunos (60 capitães da PM e outros 16 do Corpo de Bombeiros Militar) terão que apresentar um artigo científico, que será publicado na revista científica ‘Homens do Mato’, e elaborar um vídeo aula sobre a temática ‘Procedimento Operacional Padrão (POP)’. 

Conforme o diretor da Deip, Wilquerson Felizardo Sandes, o CAO tem fundamental importância na esfera militar, por ser um dos requisitos para a promoção dos capitães ao posto de oficial superior. 

O comandante geral da PM, coronel Nerci Adriano Denardi, destacou ainda mais a importância do curso. “Essa é uma etapa muito importante na carreira de todos vocês. É uma oportunidade que vai permitir chegar ao comandamento de uma unidade militar e, até mesmo, compor o Estado Maior”, salientou. 

O CAO terá aulas em período integral, com aplicação de disciplinas que buscam o questionamento e a reflexão, por meio de análise de estudos e pesquisas que abordam os problemas conjunturais do crime e da violência em níveis regional, nacional e internacional. 

“Acredito no esforço e empenho dos senhores e senhoras. E que todos darão o melhor de si, como forma de contribuir para a eficiência e eficácia de uma política de segurança pública mais forte, adequada e coerente com a nossa realidade”, enfatizou o coronel Denardi.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS