16 de Junho de 2019,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 20h:00 | Atualizado:

REINTEGRAÇÃO DE POSSE

Posseiros são expulsos de fazenda comprada pela Amaggi por R$ 2,2 bilhões

Desocupação ocorre de maneira pacífica e deve durar até três dias


Da Redação

fazenda-amaggi.jpg

 

Uma reintegração de posse foi cumprida nesta terça-feira (11) na Fazenda Morro Azul ligada à Itamarati Norte, propriedade que pertence ao Grupo Amaggi, do ex-ministro da agricultura, Blairo Maggi (PP), e foi invadida por cerca de 50 famílias em fevereiro deste ano. O imóvel, localizado no município de Campo Novo do Parecis, foi adquirido por R$ 2,2 bilhões no início de 2018. 

De acordo com reportagem exibida pela TV Centro América, a desocupação deve durar cerca de três dias e nesse primeiro dia ocorre de forma pacífica. 

Policiais militares e oficiais de Justiça chegaram cedo para cumprir o mandado de reintegração de posse expedido pela Justiça. Levantamento feito pela emissora apontou que pelo menos 48 famílias estavam ocupando a área de forma ilegal. Elas invadiram o imóvel e ergueram barracos no local. 

A ordem judicial a favor do grupo de Blairo Maggi, que também é ex-governador de Mato Grosso e ex-senador, é para derrubar todos os barracos e desocupar a área. Alguns posseiros alegaram não terem para onde ir. No primeiro dia de desocupação, alimentos, móveis e até animais de estimação foram deixados para trás. 

O Grupo Amaggi confirmou à emissora que comprou a fazenda em 2018 e que em fevereiro deste ano a área foi invadida. Por isso, recorreu à Justiça com pedido de reintegração de posse. Informou ainda que a área ocupada pelos posseiros é de reserva legal destinada à preservação permanente. 

A Fazenda Itamarati pertencia ao megaempresário Olacyr de Moraes (já falecido) e foi negociada pelos herdeiros dele. O imóvel já estava arrendado ao Grupo Amaggi. 

A propriedade tem 105 mil hectares, dos quais 55 mil são utilizados para a produção de grãos. Além disso, possui uma “vila” para funcionários, escola e 11 pistas de pouso de aeronaves.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS